Aberto ou abrido? Trago ou trazido?

Volta e meia alguém me pergunta sobre o uso do particípio do verbo abrir: aberto ou abrido?
Essa questão está ligada ao uso do particípio dos verbos. O particípio regular dos verbos termina em -do. Veja: trabalhado, amado, saído, chegado, comprado, etc. Alguns verbos têm essa forma irregular. Veja: visto (de ver); escrito (de escrever); feito (de fazer), etc. Outros, os abundantes, têm duas formas para o particípio: prendido e preso (de prender); fritado e frito (de fritar); limpado e limpo (de limpar), etc. Alguns particípios irregulares caíram em desuso.
Desapareceram ou são, na maioria dos casos, usados como simples adjetivos ou substantivos, como é o caso das palavras: completo, murcho, torto, etc. (adjetivos); cego, crucifixo, etc. (substantivos). A forma ABRIDO caiu em total desuso, sendo errado o seu uso. A única forma correta é ABERTO.
Normalmente, os particípios regulares são usados na voz ativa (com os auxiliares ter ou haver): A cozinheira TINHA (ou havia) FRITADO os ovos. / Os policiais HAVIAM (ou tinham) PRENDIDO os assaltantes.
Os particípios irregulares são, geralmente, empregados na voz passiva (com os auxiliares ser ou estar): O ovo ESTAVA (ou era) FRITO. / Os assaltantes ESTAVAM (ou foram) PRESOS. Com os verbos de ligação, os particípios irregulares costumam ser usados como predicativos.
Deve-se tomar muito cuidado ao usar o verbo TRAZER. Ele não é abundante, tendo somente um particípio: TRAZIDO. Veja: O aluno tinha TRAZIDO o livro. É comum as pessoas usarem TRAGO como particípio desse verbo, o que está totalmente errado. A palavra TRAGO é o presente do indicativo dos verbos trazer ou tragar: Eu TRAGO o livro todos os dias. / O rapaz disse: Eu fumo, mas não TRAGO… Essa palavra também pode ser um substantivo, com o significado de GOLE: Ele ficou tonto com um simples TRAGO daquela bebida.
Há ainda uma outra expressão, ERRADA, que muitas pessoas usam: Meu carro está COMPRO e PAGO. O correto é: Meu carro está COMPRADO e PAGO. O verbo comprar não é abundante. COMPRADO é a única forma correta de seu particípio. O verbo pagar é abundante, possuindo dois particípios: PAGO e PAGADO. Na frase dada como exemplo, a forma PAGO foi usada, pois o auxiliar usado foi o verbo ESTAR. Outro verbo de largo uso é o verbo PEGAR. Também este é abundante, possuindo como particípio as formas PEGADO e PEGO: Ele havia PEGADO uma forte gripe. / O pássaro estava PEGO. Modernamente, há uma tendência para se usar o particípio irregular (pego) também com os verbos ter e haver: Eles haviam (ou tinham) PEGO o passarinho.
Deve-se observar a pronúncia da forma PEGO. Como particípio, sua pronúncia é fechada (ê); como presente do indicativo, é aberta (é). Veja os exemplos: O pássaro estava PEGO (ê). / Eu não PEGO (é) em rabo de foguete… Observe-se, por derradeiro, que não se pode usar pronome oblíquo depois de um verbo no particípio.
Os pronomes oblíquos são: me, te, se, lhe, o, a, nos, vos. Veja os exemplos: Ele havia me entregado o dinheiro ou Ele me havia entregado o dinheiro (certo). Ele havia entregado-me o dinheiro (errado). / Ele tinha me falado sobre o assunto (certo). / Ele tinha faladome sobre o assunto (errado).
O BOM PROFISSIONAL FALA CORRETAMENTE. APERFEIÇOE-SE. PREPARE-SE PARA CONCURSOS. ESTUDE PORTUGUÊS. AS PRÓXIMAS TURMAS COMEÇAM DIA 27 DE JULHO – 3271-7894 e 3083-2211.

Compartilhe...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone
Últimos comentários
  1. ELIAS PINTO MACIEL
    Responder -
    • Isabella
      Responder -
  2. Claudia
    Responder -
  3. rildo araujo
    Responder -
  4. maria da paz
    Responder -
  5. De assa claudia aí dentjo
    Responder -
    • Lia Souza
      Responder -
  6. Emanuel Rocha
    Responder -
  7. Maria do Socorro Silva
    Responder -
    • Beto
      Responder -
  8. Oldair
    Responder -
  9. sandra
    Responder -
  10. calhau
    Responder -
  11. Ricardo feldens
    Responder -
  12. Oswaldo
    Responder -
  13. Neire Amanda
    Responder -
    • Joao
      Responder -
  14. Marcio
    Responder -
  15. Nely
    Responder -
  16. Beto
    Responder -
  17. Beto
    Responder -
  18. Hanna
    Responder -
  19. Daniel
    Responder -
  20. Michele
    Responder -
  21. Jaqueline
    Responder -
  22. Thais
    Responder -
    • nivaldo
      Responder -
  23. Jp waciqueete
    Responder -
  24. Jp waciqueete
    Responder -
  25. Joao
    Responder -
  26. Lara
    Responder -
    • Geraldo
      Responder -
  27. orlando
    Responder -
  28. Neida
    Responder -
  29. Marta Mussi
    Responder -
  30. prisciane araujo
    Responder -
  31. isabella
    Responder -
  32. Luana Freitas Gonçalves
    Responder -
    • Luana Freitas Gonçalves
      Responder -
  33. Rodrigo
    Responder -
  34. Cassia
    Responder -

Comentários

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Current ye@r *