Aumento no preço do combustível… Um bom exemplo do 11º BPM…

Aumento no preço do combustível

Com a dificuldade de fechar as contas deste ano, o Governo de Michel Temer e sua equipe econômica tiveram que ceder à mais impopular das alternativas para tapar o rombo no orçamento.

Foram dobradas as alíquotas de PIS e COFINS da gasolina e até 86% a do diesel. Na sexta (21), o litro da gasolina sofreu reajuste de até R$0,41, do diesel R$0,21 e do etanol, R$0,20. O governo deve arrecadar R$10,4 bilhões até o final do ano com esta medida. O desdobramento no aumento dos combustíveis vai gerar uma alta nos demais produto. Fonte: Cleverson Luiz Pereira, professor de Cenários Econômicos do Centro Universitário Internacional Uninter.

Um bom exemplo do 11º BPM

Em um país onde existem cidades que a violência ultrapassou os limites, a região comandada pelo 11° BPM tem dado bons exemplos de respostas rápidas a sociedade, isso tem feito com que os índices de criminalidades sejam menores em nossa região. O caso de Santa Margarida onde quadrilha assaltou um banco e covardemente assassinaram um policial militar e um vigilante, mas o trabalho do 11º BPM com colaboração de outras unidades prenderam 3 participantes do assalto e no sétimo dia conseguiram prender o quarto envolvido no assalto. Parabéns ao 11º BPM. A eficiência policial tem como ponto positivo, desencorajar outros aventureiros, que sabem que dificilmente ficarão impunes. Segundo comentário do vereador Paulo Altino na reunião da Câmara de Manhuaçu no dia 20/07/2017 disse que a maioria da população queria os bandidos mortos, “bandido bom, é bandido morto”. Comentou o vereador.

2018 será o ano da renovação presidencial

Dizem que o péssimo exemplos de altas autoridades políticas do Brasil nos últimos anos, e a mão branda da justiça, despertaram no povo a vontade de não votar mais nos candidatos tradicionais. Todos dizem que estão cansados da política, outros dizem que vão analisar melhor seus votos e não pretendem votarem nos mesmos de sempre. Pesquisas estão aí apontando chance de o Brasil ter uma mudança significativa na política, principalmente no tocante ao cargo de Presidente da República, devido ao grande estrago feito nos últimos anos de governo petista é o que revela as investigações e condenações até o momento pela Lava Jato. Um que tem chance de chegar lá é o Bolsonaro. Se um eventual governo dele seria bom ou mau ninguém pode garantir. Os principais pontos que recomendariam ao eleitorado, estão no fato dele não estar vinculado a nenhum dos partidos políticos que desastraram o Brasil, desde a “Nova República” de Sarney (1985), mais precisamente, os grandes partidos, coligados, do mesmo “sangue ruim”. Outro ponto positivo que estaria recomendando essa candidatura é que Bolsonaro não responde a nenhum dos processos que envolvem corrupção governamental, alvos das operações da Polícia e Ministério Público Federais, como “Mensalão”, ”Lava Jato”, etc. Seria o típico cara “mãos limpas”, resumidamente. Nos “outros” grandes partidos dão para se contar nos dedos das mãos os que não têm algum envolvimento criminal de corrupção. Nas eleições de 2018, muitos políticos não punidos pelo STF, receberão do povo o cartão vermelho.

Se a moda pega: Mulher caminhava nua pela rodovia em Manhuaçu

Bombeiros encaminharam uma mulher para a Unidade de Pronto Atendimento. Ela foi vista caminhando nua ao longo da BR-262, no perímetro urbano de Manhuaçu, no domingo, 16/07. Bastante agressiva, ela se recusava a ser abordada pelo Corpo de Bombeiros. Primeiro conseguiram um cobertor para cobrir sua nudez.

Após ser contida, foi encaminhada para a UPA, mas ainda irritada com os bombeiros. A mulher estava portando bebida alcoólica, nua, andando pela rodovia BR-262 e, em alguns momentos, entrava na frente dos veículos, se colocando em situação de perigo.

No pronto-atendimento, foi medicada e ficou sob observação. A Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal também registraram ocorrência e acompanharam o caso. Aos bombeiros, ela não disse o nome.

Deputados aprovam projeto de lei para conter violência contra professores e servidores da educação de MG

Com assinatura de 35 deputados, foi aprovado em segundo turno o Projeto de Lei (PL) 3874/16, que propõe medidas para conter violência contra professores e demais servidores do quadro da Secretaria de Educação de Minas Gerais. A proposição segue agora para sanção do governador Fernando Pimentel.

A proposta estabelece medidas protetivas e procedimentos para casos de violência. O PL considera violência qualquer ação ou omissão que cause lesão corporal, dano patrimonial, dano psicológico/psiquiátrico ou morte, praticada direta ou indiretamente no exercício da profissão.

A ameaça à integridade física e patrimonial do servidor também está listada como violência. Para prevenir e combater essas práticas, o projeto propõe, entre outras medidas, a realização de seminários, palestras e debates sobre o tema, com a participação de alunos, funcionários e comunidade escolar.

Serão criadas equipes multidisciplinares nas superintendências regionais de ensino para mediar conflitos no âmbito das escolas e acompanhar as vítimas no ambiente escolar. E ainda será implantado sistema on-line de registro de ocorrência agressão ou ameaça, com fácil acesso e uso e ampla divulgação, nas escolas e nas superintendências.

Estão previstas ainda medidas para afastar o agressor do convívio com a vítima e licenças para tratamento de saúde se a agressão gerar incapacidade para o trabalho.

Casal enfrenta -2ºC e faz ensaio de casamento no Pico da Bandeira

“Eu estava tão eufórica que nem senti frio”, conta a enfermeira Dariane Flaviano, de 30 anos. Não precisa nem dizer mais nada, não é? O que são -2ºC e -5ºC perto de realizar o sonho de fazer o ensaio de pós-casamento no alto do Pico da Bandeira? Nada! Ela e o marido, Vinícius Milanesi, de 32 anos, se casaram em janeiro deste ano, e por questões familiares só conseguiram fazer as fotos do enlace entre a noite do último domingo (16) e manhã de segunda-feira (17).

Segundo ela, que é mineira mas mora em Vitória, quando subiu no Pico da Bandeira pela primeira vez em 2015 com o marido visualizou o sonho de fazer as fotos do ensaio lá. “Eu já tinha falado com ele. Sempre fui muito ligada à natureza, eu nasci na roça, então sou apaixonada por caminhadas e trilhas”, explica. Para Dariane, mesmo tendo sido cansativa, a experiência valeu – além de ter rendido fotos lindas. “Nós subimos com muito equipamento, e tivemos que subir por volta das 23h30 do domingo (16) para chegar no topo antes do Sol nascer, na segunda-feira (17)”, completa.

A enfermeira relata que o vestido foi feito pela mãe e o terno foi comprado pelo marido, então eles não se preocuparam quanto à data. “Meu sogro morreu pouco depois de nós nos casarmos, então só deu para fazer as fotos agora. Ainda tive que conciliar a agenda do Vinícius, com a fotografia, a filmagem e o salão em que eu fiz minha produção”, destaca.

TJMG destina 900 mil para obra da APAC de Manhumirim

A Presidente da APAC de Manhumirim, Renata Elisa Portes e a diretoria participaram da abertura do Congresso Nacional das APACS em São João Del Rey, onde receberam um cheque simbólico dos 900 mil reais que foram disponibilizados pelo Tribunal de Justiça e já está depositado na conta da Comarca de Manhumirim, para o término da obra.

Em meio às diversas atividades festivas do evento, representantes e autoridades se encontraram para trocar experiências e refletir, juntos, na busca de soluções que possam difundir ainda mais a metodologia das Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (Apacs).

Governador Pimentel entrega a Medalha Dia de Minas aos familiares do Cabo Marcos

O governador Fernando Pimentel entregou a Medalha de Minas em homenagem ao sargento Marcos Marques da Silva, da Polícia Militar Minas Gerais, neste domingo (16/7), durante a solenidade em comemoração ao Dia do Estado de Minas Gerais, na cidade de Mariana.

O Dia de Minas foi marcado por uma série de homenagens ao sargento Marcos Marques da Silva, da Polícia Militar Minas Gerais, assassinado há uma semana por criminosos que realizaram ataque a bancos na cidade de Santa Margarida, no Território Caparaó.

Durante a cerimônia foi feito um minuto de silêncio em respeito ao policial. A viúva Dulcileia Amaral Marques, o pai Orlando Marques da Silva e a mãe Maria Madalena Marques receberam das mãos do governador Fernando Pimentel, a Medalha do Dia de Minas.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here