Devedores da Previdência… Simpósio de cafeicultura de Manhuaçu…

Devedores da Previdência respondem por quase três vezes o déficit do setor

Os devedores da Previdência Social acumulam uma dívida de R$ 426,07 bilhões, quase três vezes o atual déficit do setor, que foi cerca de R$ 149,7 bilhões no ano passado. Na lista, que tem mais de 500 nomes, aparecem empresas públicas, privadas, fundações, governos estaduais e prefeituras que devem ao Regime Geral da Previdência Social. O levantamento foi feito pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, responsável pela cobrança dessas dívidas.

De acordo com o coordenador-geral da Dívida Ativa da União, Cristiano Lins de Moraes, algumas dessas dívidas começaram na década de 60. “Tem débitos de devedores de vários tipos, desde um pequeno a um grande devedor, e entre eles há muita variação de capacidade econômica e financeira. Também há algumas situações de fraude, crimes de sonegação e esquemas fraudulentos sofisticados. Às vezes, um devedor que aparenta não ter movimentação financeira esconde uma organização que tem poder econômico por trás dele”, afirma o procurador da Fazenda Nacional.

A antiga companhia aérea Varig, que faliu em 2006, lidera a lista com R$ 3,713 bilhões. O levantamento inclui outras instituições que também decretaram falência: Vasp, que encerrou as atividades em 2005 e teve a falência decretada em 2008, com dívida de R$ 1,683 bilhão; o antigo Banco do Ceará (Bancesa), com uma dívida de R$ 1,418 bilhão; e a TV Manchete, que tem débitos no valor de mais de R$ 336 milhões.

Grandes empresas também constam entre os devedores da Previdência, como a mineradora Vale (R$ 275 milhões) e a JBS, da Friboi, com R$ 1,8 bilhão, a segunda maior da lista.

A lista inclui ainda bancos públicos e privados, como a Caixa Econômica Federal (R$ 549 milhões), o Bradesco (R$ 465 milhões), o Banco do Brasil (R$ 208 milhões) e o Itaú Unibanco (R$ 88 milhões).

Inimigos da Lava Jato

E agora estão todos unidos, porém confusos. Os deputados e senadores não sabem o que fazer com o projeto de iniciativa popular das 10 medidas contra a corrupção. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não sabe o que fazer e aguarda uma “posição do Supremo Tribunal Federal” sobre a devolução que o presidente do Senado, Eunício de Oliveira, foi obrigado a fazer daquele projeto de combate à corrupção que os deputados desfiguraram completamente.

Rodrigo Maia alega que os deputados “já fizeram tudo que tinham que fazer” com o projeto elaborado pelo Ministério Público Federal e que conta com o apoio da maioria da população brasileira (leia-se: eleitores).

Maia voltou a reclamar da decisão “polêmica” do ministro Luiz Fux de interromper o trâmite do projeto no Congresso. Maia voltou a criticar o Judiciário por interferir no Poder Legislativo.

No entanto, avisou vai respeitar a decisão até que o pleno do STF debata a questão: “Se não vale nesse caso talvez não possa valer em caso algum. Então as leis aprovadas por iniciativa popular não terão mais valor? Invalidar a votação da forma como foi feito não é o melhor caminho. Mas, respeitando a decisão do ministro Fux, a gente espera que o Supremo possa decidir e se possível derrubar a liminar”.

Porque os governantes erram e não pagam?

Gostaria de entender porque os governantes, fazem o que querem, administram mal, fazem compras gigantescas para ajudar amigos e todo tipo de irregularidade e não são cobrados. Será que faltam leis neste sentido? Não as leis estão aí, mas infelizmente na justiça também tem corruptos. O Brasil está cheio de casos de falência das instituições por culpas dos administradores e só paga o pato os mais necessitados.

Não é por falta de informação que o povo não toma decisão, a imprensa traz notícias diariamente sobre os desmandos das autoridades.

As emissoras de televisão, as emissoras de rádios, os jornais e as redes sociais mostram diariamente o quanto os políticos legislaram em causa própria e o quanto receberam para beneficiar empresas em troca de dinheiro.

A justiça e a verdade vai aparecer

Quem está interessado nos vazamentos é a turma que está pendurada para ser julgada e encarcerada e os advogados que a peso de ouro estão defendendo a cafunaria, dizem que eles fazem os vazamentos com as doze maquininhas do chefão de bando e com os kakay da vida que levam celulares e querem um motivo para melar as informações.

Não sei por que sigilo, as operações todas deveriam ser abertas a quem paga a conta, chega de sigilo, seja de encontros nas caladas da noite, chega de conchavos, chegas de lá para cá com falácias, falácias e falácias.

Nosso dia a dia mostra um tremendo desencontro entre o STF que deve estar olhando na constituição perneta os conchavos deixados lá pelo malandro vermelho Temer e nosso algoz mor o velho de guerra Jobim que jogaram migalhas de encolha na constituição perneta para salvar os poderosos de araque.

Nosso país é mixuruca e tudo e por tudo, eles fatiaram tudo os muitos grupos acham que tem direito de uma constituição só para eles, os direitos humanos o mesmo, os partidinhas meia boca o mesmo os empresários o mesmo, o mil e tantos sindicados que fazem uma pressão imensa em cima de quem tem empregados.

Esta é a política do reelaboro, as pessoas gostam de pegar exceções para ficar vibrando em cima deles, não temos que ter direitos especiais para ninguém, temos que ter uma constituição cidadã que dê o mesmo direito a todos.

O povo brasileiro não pode ser sacrificado com penas que não tem nada a ver. Nosso país vai continuar no mesmo samba de uma nota só, a não ser mude, espero que isso aconteça logo, pois a nação necessita caminhar com segurança e que o povo tenha esperança no poder. Agora diante das notícias desnudando os poderosos que insistem em dizer que nada devem, por falar nisso: você já viu algum bandido dizer que é culpado.

Se falhar a justiça, o povo terá a oportunidade de votar ou não nos políticos da lista divulgada pelo STF.

Prefeito de Piedade recusa projeto da COPASA

O prefeito de Piedade de Caratinga, Edinilson Lopes, afirmou categoricamente que irá impedir que a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA) faça a transposição das águas do Rio Preto para a unidade de captação do Córrego do Lage, como é intenção da concessionária, para abastecer a cidade de Caratinga. De acordo com Edinilson, da forma como a Copasa pretende realizar a obra, torna-se iminente a possibilidade da população de Piedade ficar desabastecida de água, uma vez que o sistema de abastecimento da cidade faz a captação de água no Rio Preto que, assim como acontece com o Córrego do Lage, há anos vem sofrendo com a degradação ambiental e o assoreamento. (A Semana Agora)

Simpósio de cafeicultura de Manhuaçu, não correspondeu à expectativa de muitos

Parece que a crise alcançou o Simpósio de Cafeicultura de Manhuaçu, o evento todos os anos depende de ajuda financeira da prefeitura, e ainda para custear as despesas os estandes são vendidos por um preço muito caro, segundo alguns expositores isso acabam em prejuízo levando a procurar outros eventos onde as coisas são mais facilitadas, outros participam por amor à cidade, há expositores que acham que seria melhor se a organização fosse feitas pelos cafeicultores que entendem mais de suas demandas, já  que a ACIAM tem que cuidar de muitas coisas sem tempo para uma dedicação que a maior economia da região merecem.

Este ano o público foi muito menor que em anos anteriores, para muitos a tendência não é favorável, já outros eventos vem sendo aceitos pelos cafeicultores destacando como o elaborado pela COOCAFÉ de Lajinha, que a cada ano surpreende pela quantidade de público e de fechamento de negócios.

Declaração do IRPF 2017 na reta final

A Receita Federal já recebeu mais de dez milhões de declarações do Imposto de Renda. A expectativa é de que 28,3 milhões de declarações sejam entregues. O prazo para entrega termina em 28 de abril. Quem não apresentar estará sujeito à multa de 1% do imposto devido por mês de atraso até o limite de 20% do valor ou de R$ 165,74, prevalecendo o maior custo.

O Sindicato das Empresas de Contabilidade e de Assessoramento no Estado de São Paulo (Sescon-SP) alerta o contribuinte para não deixar a entrega para a última hora a fim de evitar transtornos com o sistema, inconsistência de informações ou falta de dados. “É preciso muita atenção no preenchimento para não cair na malha fina. Com a evolução da inteligência fiscal brasileira, o poder de cruzamento de dados aumentou”, adverte Márcio Massao Shimomoto, presidente da entidade.

Em 2016, 771 mil declarações caíram na malha fina do Imposto de Renda. A maior parte das declarações retidas apresentou indícios de irregularidades devido à omissão de rendimentos, de acordo com a Receita Federal. Shimomoto orienta que, em caso de dúvidas no preenchimento da declaração, “somente o profissional da contabilidade está apto a ajudar o contribuinte e assim evitar erros que possam reter a declaração na malha fina”.

Está tudo esquematizado

Alexandrino Alencar deve ter se inspirado em Deltan Dallagnol para fazer o organograma que entregou à PGR relacionando Lula a propinas pagas pela Odebrecht. Está tudo lá: as obras no sítio de Atibaia, a compra do imóvel para o Instituto Lula, a propina a Taiguara Rodrigues em Angola, a propina paga ao filho Luís Cláudio Luleco na Touchdown, a mesada a Frei Chico, irmão de Lula, a conta Amigo da Planilha Italiano e a Arena Corinthians. Mais didático impossível

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here