STF na contra mão do Brasil …

STF na contra mão do Brasil

Curitiba, 04 de maio de 2017. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Brasil, com o objetivo de consultar à população sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal sobre a liberdade de José Dirceu. PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: O universo desta pesquisa consiste em brasileiros com 16 anos ou mais. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.522 brasileiros. A pesquisa foi realizada a partir de questionário online com usuários de internet entre os dias 03 e 04 de maio de 2017. Tal amostra representativa do território nacional atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 2% para os resultados gerais. A Paraná Pesquisas encontra se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/ 16 e é filiada à Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

– ABEP desde 2003. Murilo Hidalgo Lopes de Oliveira Diretor O Sr(a) concorda ou discorda com a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de conceder a liberdade à José Dirceu?

Discorda . ………………………………………………………….67,8%

Concorda . ………………………………………………………..26,2%

Não sabe . …………………………………………………………..6,0%

“Absurdo! Vergonha sem precedentes, na contramão do Brasil, precisamos apoiar o juiz Moro” diz Lorenzoni sobre decisão do STF

“A decisão da trinca do Foro de São Paulo no STF – GM, Toffoli e Lewandowski – em liberar o sócio fundador da Máfia da Estrela, é uma vergonha sem precedentes. Vergonha maior é um ministro do STF chamar de ‘brincadeira juvenil’ a operação que está limpando o Brasil desses vagabundos do bando de Lula. Esse mesmo ministro foi aquele que disse que a Lei da Ficha Limpa – iniciativa popular – foi feita por bêbados. Esse mesmo ministro foi o que disse que ‘O PT roubou o suficiente pra disputar eleições até 2038’ e agora ajudou a liberar o ladrão Zé Dirceu. Todo nosso apoio à Lava Jato, PF, MPF e o Dr. Sérgio Moro”, declarou o deputado Onyx Lorenzoni. Assista ao vídeo na internet.

“O que não dá pra aguentar é o Supremo Tribunal Federal do Brasil andar na contramão do País. O ministro Gilmar Mendes dizer que a Lava Jato é uma brincadeira juvenil? Brincadeira é o que ele está fazendo! Uma vergonha nacional, que é soltar esse bandido, condenado duas vezes, que menospreza a Justiça brasileira. É um absurdo! ”, completou ele.

O parlamentar destacou, ainda, a influência do Foro de São Paulo. “Essa trinca que está lá no STF – Toffoli, Gilmar Mendes e Lewandowski são os protegidos do Foro de São Paulo, estão lá fazendo o serviço em desfavor da sociedade brasileira. Temos que protestar e, acima de tudo, temos que reafirmar o nosso apoio aos procuradores de Curitiba, à Polícia Federal e principalmente ao grande brasileiro, decente, honesto, corajoso Sérgio Moro”, concluiu.

General da reserva Augusto Heleno

Ex-comandante na Amazônia e das tropas brasileiras no Haiti, o general da reserva Augusto Heleno, uma das vozes mais respeitadas no meio militar, divulgou texto ácido contra a soltura de presos condenados pela Lava Jato. “Será que os doutos ministros do STF avaliam o mal que têm causado ao País”, provocou.

Segue a íntegra: “Será que os doutos Ministros do STF avaliam o mal que têm causado ao país? Ou o Olimpo em que vivem os afasta totalmente da consciência nacional? Façam uma pesquisa para avaliar o que a população honesta pensa, hoje, da instituição em que militam. Vossas Exas votam calcados em saber jurídico? Não parece. Para a imensa maioria, fingem fazê-lo. Em votos prolixos e tardios, dão vazão a imensuráveis vaidades, a desavenças pessoais e a discutíveis convicções ideológicas. Hoje, transmitem à Nação , alarmada pela criminalidade e corrupção que se alastram, uma lamentável insegurança jurídica e uma frustrante certeza da impunidade. Passam a sensação de que o Brasil, com esse Tribunal, não tem nenhuma chance de sair do buraco; e colocam em sério risco nossa combalida e vilipendiada “democracia”. Sabemos que são professores de Deus e lhes pedimos,apenas, que desçam do pedestal e coloquem o Brasil acima de tudo.” Gen Ref Augusto Heleno Pereira

Dá para comemorar alguma coisa?

A manhã de hoje ficará sempre marcada em minha memória e em meu coração. É com a maior alegria e a exata noção da responsabilidade em que nos foi confiada pela população que tomamos posse como Prefeito Municipal.

Contem com nosso empenho e dedicação.

Frases parecidas com estas foram pronunciadas por muitos prefeitos ao tomarem posse. As palavras ditas ao assumir em 1º de janeiro prometia uma nova maneira de administrar, longe dos desmandos que pontuou durante a campanha, com destaque para seriedade nos gastos públicos e melhoria na área da Saúde.

Agora passados os 100 dias, o que se vê em muitas cidades são praticamente as velhas reclamações de falta de médicos e medicamentos, vias sem manutenção, buracos nas ruas, problemas estruturais e pedagógicos em escolas e poucas realizações que podem impactar na vida dos moradores.

Em muitas cidades o Processo Seletivo deu o que falar, em algumas ainda não resolveram o problema de transporte e de merenda escolar e a falta de médicos e medicamentos na UPA e nos Postos de Saúde, deixam os moradores preocupados.

Com a escassez de recursos os prefeitos terão que administrar com sabedoria e muita criatividade, principalmente nos dois primeiros anos. Escreva para esta coluna dando sua opinião sobre as atividades do seu prefeito e dos vereadores.

Pelo 30º ano, Padre Otaviano celebra missa no cruzeiro da Bem Posta / Boa Vista

No dia 03 de maio, pessoas de toda a região participaram de mais um grande momento de religiosidade e fé no alto do morro do Cruzeiro, a 1.412 metros de altitude. Durante a peregrinação, os relatos são constantes, manifestando fé, devoção e agradecimento a Deus pelas bênçãos alcançadas.

Há 30 anos, a Santa Missa é celebrada pelo nosso querido Padre Otaviano no ponto mais alto entre as comunidades da Bem Posta e Boa Vista, na zona rural do distrito de Ponte do Silva. Uma subida íngreme, de caminhada pesada, mas que é movida pela religiosidade de nosso povo. Pela trigésima vez, Padre Antônio Otaviano da Costa Franco, conhecido por seu trabalho religioso durante muitos anos em Manhuaçu, e, agora atuando na Paróquia de Nossa Senhora do Bom Despacho (Bom Despacho), idealizador deste momento de fé comunidade rural, veio especialmente para conduzir a celebração em mais um ano.

Linha Aérea Redentora quer oferecer voos de Manhuaçu a Guarapari

A partir do dia 15 de maio, a Linha Aérea Redentora irá iniciar voos entre Brasília e Belo Horizonte, com escalas nas cidades mineiras de Paracatu e Patos de Minas. Também já está programado o início de voos para a cidade capixaba de Guarapari, com saída de Belo Horizonte e escala em Manhuaçu.

Os voos serão operados pela Apuí Táxi Aéreo, com aeronaves Embraer 110 Bandeirante com capacidade para 15 passageiros. A ideia do fundador, Wilson Pessoa, é conectar o interior à capital federal e à capital de Minas Gerais.

Entre Brasília, Paracatu e Belo Horizonte, os voos serão realizados às segundas, quartas e sextas inicialmente, e o serviço de bordo será incluso. A parte operacional também ficará por conta da Apuí Táxi Aéreo, que já está montando base no Aeroporto da Pampulha em Belo Horizonte.

Sobre os voos para a cidade capixaba de Guarapari, com saída de Belo Horizonte e escala em Manhuaçu ainda não existe data para o início.

Prefeita Cici autoriza início da construção da UBS Dom Corrêa

A Prefeita Cici Magalhães assinou a Ordem de Serviço para a construção da sede própria da UBS (Unidade Básica de Saúde) do distrito de Dom Corrêa, em especial solenidade realizada na tarde deste Domingo, 30. A importante obra foi assegurada por meio de Emenda Parlamentar do Deputado Federal Subtenente Gonzaga, que também participou do ato, juntamente com o Presidente da Câmara, Jorge Augusto Pereira (Jorge do Ibéria), Secretária de Saúde, Dra. Karina Gama dos Santos Sales, demais vereadores e membros do secretariado, lideranças comunitárias e cidadãos. A obra aguardada pelos moradores do distrito e das comunidades vizinhas há vários anos será construída com recursos do Governo Federal, com valor de R$ 400.748,00. O ato solene para assinatura simbólica da Ordem de Serviço ocorreu durante a 1ª Festa Comunitária das Famílias de Dom Corrêa e comunidades vizinhas – evento realizado pelo Vereador Vantuil Martins, com apoio da Prefeitura na avenida principal do distrito -, com grande presença do público.

Demandas na Justiça por medicamentos cresce 89%

O aumento de processos judiciais por medicamentos de alto custo em Minas Gerais está causando a sobrecarga nos orçamentos dos municípios e se tornou um desafio para prefeitos. Segundo o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), o número de ações relacionadas a Saúde cresceu 89% entre 2013 e 2016, atingindo 77.426 processos e 89% deles dizem respeito ao fornecimento de remédios não fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Somente nos quatro primeiros meses deste ano foram judicializados 4.015 casos referentes a saúde conforme a Secretaria de Estado de Saúde. Dados da Associação Mineira de Municípios (AMM) apontam que os pagamentos com as demandas judiciais elevam de 15%, percentual mínimo exigido por lei, para até 24% os custos da Saúde. Não é possível saber quanto 853 os municípios mineiros gastam com sentenças judiciais, já que só 32 registram essas despesas separadamente dos demais gastos com saúde. No entanto, para se ter uma ideia da dimensão do impacto nos cofres municipais, essas prefeituras que cadastram os dados isoladamente desembolsaram R$ 5,68 milhões em 2015 com o custeio das decisões na Justiça. A AMM alerta que as determinações judiciais desequilibram as finanças das prefeituras e por isso, propõe debater esse e outros desafios relacionados a gestão pública municipal no 34º Congresso Mineiro de Municípios, entre 9 e 11 de maio, no Expominas, em Belo Horizonte. Pelo menos duas palestras no evento vão tratar do tema, sendo primeira no dia 10, sobre “Gestão de Medicamentos”, às 10h, na sala Esmeralda, e a segunda no dia 11, às 11h, também na sala esmeralda, sobre a “Atuação do Ministério Público nas ações judiciais de saúde”.

34º Congresso Mineiro de Municípios

Com o tema principal “Cidades criativas e soluções”, o evento tem o objetivo de promover o debate dos desafios da gestão municipal, qualificar gestores e servidores públicos, apontar problemas vivenciados pela administração pública municipal e discutir soluções viáveis para a melhoria da qualidade dos serviços públicos oferecidos à sociedade. Os debates entorno das municipalizações serão realizados no dia 10 de maio, segundo dia do congresso, sendo sobre o trânsito na sala Esmeralda, às 14h, e sobre o licenciamento ambiental na sala Diamante, às 10h.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here