Cidade ao sul de MG tem inúmeras opções para prática de esportes radicais

61

Laércio Guidio para o Jornal das Montanhas online (jm1.com.br)
O município de Carvalhos, situado na região sul de Minas Gerais, ao centro de diversas montanhas tem grande potencialidade para práticas de esportes radicais, destino perfeito para quem gosta de fortes aventuras.

Carvalhos é uma cidade aparentemente pacata, com aproximadamente 5 mil habitantes, cuja aparência inicial engana aqueles que a subestimam, sabendo tirar proveito da região montanhosa o município é o local ideal para prática de motocross, enduro, rapel, rafiting, trekking e escalada.

Tamanha potencialidade que inspira aventura é um prato cheio para empresários no setor de turismo e lazer explorarem essa oportunidade para montar seus empreendimentos neste segmento.

A administração por meio da Secretaria de Turismo Esporte e Cultura se empenha ao máximo para tirar bom proveito de tamanha herança natural.

Marcada por vários pontos de turismo obrigatório para quem passa pelo local, as cachoeiras da Estiva (com mais de 70 metros de queda e 50 de largura); dos Franceses e a do Triste resumem a beleza do local que ostenta mais de 60 cachoeiras.

Outro local interessante para visitar em Carvalhos é o Pico do Mequiém, uma montanha cujo formato lembra a cabeça de um gorila, sua exuberância e tamanho em meio as montanhas de menor proeminência a torna imponente e convidativa para fazer escalada.

Vasta importância gerou o nome da comunidade Mequiém, local onde há a festa em homenagem a São Lazaro, segundo reza a lenda após a chegada da imagem do santo da Itália cessou a epidemia de hanseníase que castigava a região; coincidência ou não rendeu a famosa festa tradicional com diversas tendas e exposição de gados que para a cidade no meio do ano.

A capacidade festiva da área rural de Carvalhos também pode ser medida pela participação do público na festa do distrito dos Franceses que ocorre no início de agosto.

Contando com uma confortável rede hoteleira, é possível se instalar no município e aproveitar sua estrutura voltada para área do lazer radical, indicado também para os adeptos de acampamento em regiões montanhosas e trilhas.

Por ser um município novo, faz parte da meta da Secretaria de Turismo aprimorar a qualidade e diversidade turística, melhorando ainda mais a infra estrutura para melhor atender os visitantes, para isso faz necessário também a colaboração do setor privado para lapidar tamanha potencialidade natural e aproveitar o leque de opções turísticas do local, informou o secretário de Turismo – Arlindo Camargo.

Carvalho é um dos inúmeros exemplos de locais que oferecem boas opções de turismo no Brasil e estão fora das opções das agências de turismo; a 150 km de Juiz de Fora, o município é uma boa sugestão para quem procura a tranquilidade do interior sem abrir mão da adrenalina do esporte radical.

– Pontos turísticos:

Cachoeira Estiva; cachoeira do Triste; cachoeira dos Franceses; Prainha; distrito dos Franceses; comunidade Muquém; Pico do Muquém; represa; pesque pague.

– Onde comer:

Cantinho Mineiro, Sorveteria Zig Art

– Hospedagem:

Pousada Pico do Muquém

– Mais informações:

[email protected]

Crédito: Laércio Guidio / Joel P. Martins

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui