Ocupe seu lugar

52

“Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar.” (João 14.2)

As vezes, em meio às pressões e decepções de um dia, nada tão bom quando lembrar-se de que temos uma casa, um lar, e poder volta para ele.

Foi isso que salvou a vida do filho pródigo. Ele havia se enganado com a vida e sobre si mesmo. Fez apostas que deram em nada. Acreditou em ilusões e acabou perdendo tudo que tinha e quase tudo que era. Mas a lembrança de casa o salvou. A casa de seu pai tinha tudo que ele havia perdido inclusive a própria imagem. O mesmo diz respeito a nós e Deus.

Precisamos da Casa do Pai. Não me refiro a um templo, embora reconheça o quanto ele é importante e necessário à nossa vida. Alguns dizem que não, mas eu não concordo. A história da fé aponta para o valor do templo. Mas o que me refiro com “Casa do Pai” é a experiência da presença de Deus em nossa vida. Deus fez todo o necessário para que possamos desfrutá-la. Inclusive nos fez “casa” para Si. Somos o templo do Espírito Santo (1Co 3.16). Deus vem habitar conosco, habitando em nós, tomando parte em nossa vida. Envolvendo-se em nossos dramas, sentimentos e planos.

Há lugar na Casa do Pai para todos nós. Alguns pensam que é preciso melhorar, mudar de vida, para poder ter lugar na Casa do Pai. Mas é justamente o contrário. Precisamos ocupar o nosso lugar na Casa do Pai para melhorarmos, para mudarmos de vida. Essa é a ordem certa. Antes que possa ocupar-se de melhor, precisa ocupar-se de crer e ocupar seu lugar na Casa do Pai. Jesus é a porta da Casa do Pai. Ele convida cansados e sobrecarregados (Mt 12.28-30), Ele vem buscar pecadores para leva-los pra casa (Lc 5.32). É na Casa do Pai que nos encontramos com a vida. Ocupe seu lugar!

Igreja Batista da Praia do Canto

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui