Quer Agradar a Quem?

53

Luís 14 (1638-1715), rei da França, passou à história como “o grande”, ou “o rei sol”. Questiona-se se de fato teria dito a frase famosa: “O Estado sou eu”.

Seu gosto pelo luxo exagerado se vê no requinte com que construiu o Palácio de Versalhes. Seu reinado, de 72 anos e 110 dias, é o mais longo da história europeia.

Diz a história que todo domingo, Luís 14 ia infalivelmente à igreja. E porque ele frequentava, a igreja ficava superlotada. As pessoas vinham de longe para participar das reuniões. François Fenelon era o pregador, e ele atraía as multidões.

Num domingo de manhã, o rei Luís foi à igreja, e quase ninguém estava lá. Ele achou estranho que tão pouca gente ali estivesse, e perguntou depois a Fenelon o que havia acontecido. Fenelon respondeu com arriscada franqueza: “Durante a semana, publiquei que Vossa Majestade não estaria presente ao culto deste domingo. Desta forma, Vossa Majestade pode saber quem vem por causa de V.M., e quem vem por causa de Cristo.

Quem tem o excelente hábito de frequentar igreja desde criança precisa fazer um exame constantemente e se perguntar com toda honestidade: por que estou indo à igreja? O que espero ver lá? Estou indo por causa do órgão de tubos? Por causa do coro? Por causa do pastor? Por causa dos amigos?

Cristo deve estar no centro do nosso culto, tanto o pessoal quanto o coletivo. Daí Paulo recomendar: “Àquele que é poderoso para fazer bem todas as coisas, além do que pedimos ou pensamos, pelo poder que age em nós, a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém” (Ef 3.20-21). Note isso: “a ele seja a glória na igreja”. O grande pregador inglês, Charles Spurgeon, disse: “Quando a antiga fé desaparece e o entusiasmo pelo evangelho é extinto, não é surpresa que as pessoas busquem outras coisas que lhes tragam satisfação. Na falta de pão, se alimentam de cinzas. Rejeitando o caminho do Senhor, seguem avidamente pelo caminho da tolice”.

Pr. João Soares da Fonseca

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui