É assim que se fala – Gente

79

A expressão A GENTE, usada na linguagem coloquial, refere-se a quem fala (eu, nós). Seu uso deve ficar restrito à linguagem falada, nunca em redações, que exigem o uso da norma culta da língua. O verbo da oração deve ficar sempre no singular: A gente VAI ao cinema hoje à noite. Mesmo sendo o falante do sexo masculino, a concordância recomendada é no feminino: A gente deve estar ATENTA, disse o rapaz. Embora essa recomendação, é comum a concordância no masculino: A gente é OBRIGADO a aceitar, disse o contribuinte…
Na linguagem oficial, em lugar de A GENTE, usa-se o pronome SE: Deve-SE ficar atento, em vez de A GENTE deve ficar atento. Também, nesses casos, pode-se usar a primeira pessoa do plural(nós): Devemos ficar atentos.
Quando a palavra GENTE é usada com o sentido de conjunto de pessoas, população, povo, faz-se normalmente a concordância em gênero e número: A gente da cidade está ASSUSTADA. / As gentes do oriente são mais DISCIPLINADAS que nós. Neste caso, entretanto, é permitida a concordância ideológica, isto é, com a idéia de plural que a palavra GENTE contém:
A GENTE vai ao cinema, depois VAMOS jantar. / A GENTE simples do lugar ENCHIAM as praças.
QUAL É O CERTO?
1. a) Toda cidade foi cumprimentar o prefeito pelas obras.
b) Toda a cidade foi cumprimentar o prefeito pelas obras.
2. a) Deixe eu ficar mais um pouquinho…
b) Deixe-me ficar mais um pouquinho…
3. a) Estou com uma terrível dor nas costas.
b) Os navios passaram pela costa brasileira.
4. a) Faz algumas horas que ela saiu.
b) Fazem algumas horas que ela saiu.
5. a) Hoje são 29 de Junho.
b) Hoje é dia 29 de junho.
RESPOSTAS COMENTADAS
1. b) O certo é Toda A cidade, pois se refere a uma só cidade. Toda cidade (sem o artigo A) refere se a todas as cidades. O uso do artigo faz toda a diferença.
2. b) Com os verbos MANDAR, DEIXAR, FAZER, VER OUVIR e SENTIR não se usam os pronomes do caso reto (eu, tu, ele, nós vós eles) e sim os pronomes oblíquos átonos (me, te, se, o, a, lhe, nos, vos). Veja: Mandaram-ME ficar aqui e não Mandaram EU ficar aqui. / Viram-NO entrar no prédio e não Viram ELE entrar no prédio. / Ouvi-A gritar e nao Ouvi ELA gritar, etc.
3. a/b – Ambas as frases estão corretas. As pessoas não têm COSTA, mas sim COSTAS. O singular – COSTA – refere-se à região à beira-mar.
4. a) Cuidado com o verbo FAZER. Quando se refere a tempo transcorrido, é impessoal e, por isso, NÃO TEM PLURAL. Se tiver um auxilia, este também não vai para o plural: DEVE FAZER algumas horas que ela saiu. / PODE FAZER algumas horas que ela saiu.
5. b – O verbo SER, na indicação de datas, concorda com a palavra DIA ou com a expressão numérica.
A opção “a” só está errada, pois o nome do mês está com letra maiúscula, o que é um erro, aliás muito comum.
Envie seus comentários, perguntas ou sugestões para: ou [email protected]

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui