Oi, você já precisou da justiça?… Facada nas costas do velhinho…

209

Oi, você já precisou da justiça?

Sempre ouvia dizer que a justiça tarda, mas não falha. Hoje o nosso país está cheio de autoridades corruptas, e não vemos sinalização para uma melhora, quando pensamos que o Brasil vai entrar nos trilhos, mais um escândalo. Olhe para o SUPREMO, pessoas que foram eleitas, outras designadas para ser ministros, mas promoveram a corrupção, e a injustiça.

Em Lajinha processos acumulam meses na mesa do Promotor de Justiça, sem que seja dado prosseguimento. Dia 04 de abril de 2013 foi dada entrada em um processo, recebido pela oficial do MP Fabiana Stocckler Leite MAMP 2729 e até hoje continua na mesa do promotor, infelizmente não há somente um, há vários processos muito mais antigos que o nosso.

Eu sempre admirei os promotores, o nome já diz “PRO-MOTORES DE JUSTIÇA”. Rm 13.1 – Toda pessoa esteja sujeita às autoridades superiores, pois não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há, foram ordenadas por Deus. Por que demora-se tanto para distribuir um processo, e a quem interessa que ele não ande? Com a palavra a Promotoria de Lajinha.

Facada nas costas do velhinho

Eles decretam lá em Brasília e nós, abaixando a cabeça, pagamos a conta.

É lícito, é ético, é humano, é aceitável, é justo, é correto que o cidadão aposentado, depois de 35 anos de contribuição, continue pagando IMPOSTO DE RENDA?

Os donos desta medida maluca/desumana simplesmente esqueceram que APOSENTADORIA NÃO É, E NEM NUN-CA SERÁ, RENDA!

Ora, se o cidadão foi, decentemente, aposentado por tempo de serviço, significa que, naquela ocupação ele NÃO terá, doravante, mais renda.

Só a aposentadoria, na maioria das vezes pecaminosamente magra e defasada.

E não é que a turma de lá conseguiu meter os dentes do leão na garganta dos aposentados!

É um entulho burocrático, perversamente ditatorial, e que só visa engordar a conta de políticos safados, merecendo ir para o lixo antes mesmo de ter entrado em vigor.

Pense aí, o brasileiro do BEM, exacerbe seus neurônios contras as mazelas deste país, e não deixe que este roubo consentido, e ilegalmente legal, continue vergastando a turma da terceira idade.

Renzo Sansoni

Por que existem tantos casos de suicídio entre os agentes da PF?

Resposta: Pesquisa realizada pela Universidade de Brasília (UnB), em 2012, revelou que a depressão e a síndro me do pânico são doenças que atingem um em cada cinco, dos nove mil agentes da Polícia Federal. Em um tópico da pesquisa, 73 policiais foram questionados sobre os motivos das licenças médicas, 35% dos entrevistados responderam que os afastamentos foram decorrentes de transtornos mentais como depressão e ansiedade. Nos últimos dez anos, 22 agentes da Polícia Federal cometeram suicídio, sendo que 11 deles aconteceram entre março de 2012 e março deste ano. Uma média de quase um morto por mês.

Universidade federal se nega a ajudar programa de Dilma

Pelo menos 13 universidades federais em nove Estados do país disseram não ao “Mais Médicos”, programa do governo Dilma Rousseff para suprir a carência de médicos no interior e nas periferias de grandes centros.

A participação das federais era prevista pela gestão petista para ser um braço acadêmico do programa, mediante indicação de tutores e supervisores para acompanhar a atividade dos médicos brasileiros e estrangeiros.

Ao lado do gestor do SUS em cada local, os supervisores também têm a atribuição de fiscalizar a jornada semanal de 40 horas dos médicos.

Já os tutores, além do acompanhamento acadêmico dos bolsistas, ganham R$ 5.000 para serem ainda chefes dos supervisores – devendo acompanhar a atuação deles, que farão visitas aos médicos e manterão contato por telefone e pela internet.

Sem as federais, a gestão Dilma terá de recorrer a instituições estaduais, municipais ou até particulares, como no Amazonas, onde as duas únicas faculdades públicas de medicina se recusaram a aderir ao programa.

Policial mordeu o cachorro

Num acidente de trânsito (BR 174) uma pessoa morreu degolada pelo cinto de segurança.

Todos os jornais noticiaram. Não noticiaram quantas pessoas foram e são salvas por ele. Como sempre, notícia não é o cachorro que morde o policial, sim, o policial que morde o cachorro. Para o imprevidente motorista brasileiro (há exceções, claro) seguem dez dados sobre segurança viária (OMS):

1 – Mais de 1,3 milhão de pessoas morrem por ano em acidentes de trânsito em todo o mundo.

2 – Cerca de 50 milhões de pessoas se ferem ou ficam com sequelas permanentes de acidentes de trânsito em todo o mundo.

3 – Metade das vítimas são os usuários mais vulneráveis das vias: pedestres, ciclistas e motociclistas.

4 – Acidentes de trânsito custam até 4% do Produto Inter-no Bruto de muitos países.

5 – Quando corretamente utilizados, cintos de segurança podem reduzir o risco de morte em um acidente em 61% (dos ocupantes internos do veículo).

6 – O uso obrigatório de assentos especiais para crianças nos veículos podem reduzir a morte de crianças em 35 %.

7 – Capacetes diminuem até 45% os ferimentos fatais ou severos na cabeça.

8 – Reforçar leis sobre bebida e direção em todo mundo poderia reduzir em 20% os acidentes relacionados ao álcool.

9 – Para 1 km/h reduzido na velocidade média, há uma queda de 2% no número de acidentes.

10 – Medidas simples e baratas de engenharia nas vias, como faixas de segurança, podem salvar milhares de vida.

LUIZ FLÁVIO GOMES, jurista e coeditor do portal atualidades do direito.com.br. Estou no facebook.com/professorLFG. * Fonte Organização Mundial da Saúde.

A justiça poderá tardar e falhar?

Os amigos e as pessoas contrárias à corrupção, pedem que o Ministro Joaquim Barbosa abandone o STF se todo o esforço que estão fazendo não alcançar o objetivo que é o de colocar os corruptos na cadeia. Será que a cadeia só foi feito para pobres?

Eles se corromperam e agora querem usar o poder para livrá-los da punição. Afinal, que país será o nosso amanhã se nós não pudermos mais confiar na instância maior de nossa justiça que é o STF?

A expressão “está tudo dominado” tem sido muito utilizada por amigos e interlocutores do presidente do Supremo Tribunal Federal, recomendando, inclusive em mensagens para seu celular, que abandone a Corte em protesto contra os rumos do julgamento do mensalão, com tendência para rever sentenças e livrar da cadeia 11 réus na ação, entre os quais o ex-ministro José Dirceu.

Com isso, ficou para esta semana a decisão sobre a aceitação ou não dos embargos infringentes. Com o placar empatado em 5 a 5, caberá ao ministro mais antigo da corte, Celso de Mello, o voto de minerva.

Os ministros Marco Aurélio Mello e Luís Roberto Barroso travam uma discussão no plenário do STF. Tudo começou quando Barroso interrompeu a fala de Marco Aurélio para dizer que não se importa com o que sairá nos jornais sobre ele: “Eu não estou aqui subordinado à multidão, estou subordinado à Constituição”. Marco Aurélio rebateu: “Vejo que é um novato: parte para a crítica ao próprio colegiado”. Ele também criticou o ministro por ele ter elogiado o réu José Genoino.

“Meu voto não está incomodando ninguém, só aos acusados”, completa Marco Aurélio.

“Se com o meu voto eu tiver que ir para o paredão, eu vou para o paredão”, afirma Marco Aurélio.

Califórnia passa projeto de lei para liberar carteira de motoristas para alguns imigrantes indocumentados

Legisladores do estado da Califórnia votaram, na noite do dia 12, em um projeto de lei que permitirá que muito mais imigrantes indocumentados obtenham carteira de motorista. O governador Jerry Brown disse no dia 13 de setembro que assinaria a medida.

Durante o último ano, nove estados e no Distrito de Columbia aprovaram leis permitindo que imigrantes indocumentados possam dirigir legalmente. Na Califórnia, os legisladores e governadores têm rotineiramente rejeitado tais esforços. No dia 13, o deputado democrata Luis Alejo disse à Reuters que ele estava retirando o projeto de lei que tinha escrito principalmente por causa de preocupações expressas por Brown. Ele disse que o governador queria ter certeza que as novas carteiras cumprissem com a lei federal obrigando-os a indicar claramente que o motorista estava em situação irregular.

“Esta lei deixará que milhões de pessoas cheguem a seus trabalhos com segurança e legalmente”, disse Brown em um comunicado emitido logo depois do voto na Assembleia. “Espero que com isso possamos mandar uma mensagem a Washington que a reforma de imigração já passou da hora”.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui