Quer melhorar o mundo?

40

Pode ter certeza de que todos nós queremos, é claro. Mas nem sempre agimos da forma mais correta para fazê-lo, e começamos sempre pelo caminho mais errado possível.

O mais comum de todos, está em que ficamos a gritar e exigir a correção dos outros, esquecendo de nós, de nossos erros. Gritamos em algumas vezes tanto, que somos capazes de deixar aos outros ensurdecidos para a verdade, querendo que só a nossa seja ouvida. Por isso mesmo, cada vez gritamos mais, e mais, e mais! E cada vez mais também, deixamos aos outros mais e mais surdos. Isto quando a nossa possível verdade não acabe caindo em descrédito, e o que poderia ser algo bom, se volta contra nós. É certo também que nem sempre uma mentira repetida várias vezes como verdade, um dia assim se torne, porque sempre deixará algum ponto sem estar bem amarrado, e ao menor puxão mais forte, desfiará todo tecido.

Então, vamos concordar que pelo menos uma vez na vida, seria preciso nos calar para podermos ouvir algo mais do que nossa própria voz. Pode até parecer que seria abrir mão da nossa verdade, mas antes é mais do que preciso vontade, coragem para tanto. Mas ainda mesmo assim, devemos lembrar que para ter coragem, é preciso saber morrer de medo de montar em um cavalo, mas ainda assim, sentar em uma sela.

Quem sabe de cima dela, sentindo o trote do passeio, possamos admirar melhor os horizontes e sentir a brisa da vida soprar com mais força e esperanças no amanhã.

 

Antonio Jorge Rettenmaier, Escritor, Cronista e Palestrante. Visite nosso blog em ajorgespaceblog.com.br e mande seus comentários para [email protected] . Esta coluna está em mais de oitenta jornais no Brasil e Exterior, e a partir da próxima semana também em uma série de emissoras de rádio AM e FM em todo o Brasil.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui