Cantora Marília Mendonça morre em queda de avião

58

Velório da cantora será na manhã desta sábado na Goiânia Arena

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou na tarde de hoje (5/11) que a cantora Marília Mendonça está entre os mortos na queda de um avião de pequeno porte no distrito de Piedade de Caratinga, no município de Caratinga (MG). Segundo a assessoria de imprensa da cantora, o velório tem previsão para ocorrer a partir das 8 h de amanhã (6) e será realizado na Goiânia Arena, localizada na Avenida Fued José Sebba, em Goiânia. O horário poderá ser alterado em caso de atraso na liberação do corpo.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5) ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”, diz nota divulgada pela corporação.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais, os corpos das cinco vítimas do acidente já foram retirados da aeronave e levados ao Instituto Médico Legal (IML) em Caratinga. Além de Marília Mendonça, também morreram no acidente o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto da aeronave Tarciso Pessoa Viana.

Em nota, a assessoria da cantora informou que o avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. A cantora, que colecionava vários sucessos musicais e era conhecida como Rainha da Sofrência.

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, a corporação foi acionada às 15h30 para atender à ocorrência. Segundo ele, a aeronave tem prefixo PT-ONJ e caiu em uma região com cursos d’água, nas proximidades da BR-474. Até o momento, três corpos foram retirados do avião.

“Assim que as equipes chegaram iniciaram os trabalhos de desencarceramento e de acesso forçado [à aeronave]. Quando adentraram no interior, verificaram a existência de alguns óbitos, incluindo da cantora Marília Mendonça”, disse.

Agora há pouco a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou, por meio de nota, que o bimotor atingiu um cabo de uma torre de distribuição de energia antes de cair em uma cachoeira. “A Cemig informa que o avião bimotor que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da companhia no município de Caratinga”, informou a empresa, em nota. “A Cemig manifesta seu pesar pelas vítimas do acidente e presta solidariedade a familiares e amigos”

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui