Carrosel – Como estão os atores atualmente

665
Paulo Guerra (Mauricio Armando)

Antes e Depois

Paulo Guerra (Mauricio Armando) era um garoto problema. Temido por quase todos, Paulo estava sempre aprontando, ora colocando tachinhas na cadeira da roliça Laura, ora bolando um plano maquiavélico contra o pobre Cirilo. Aparece com uma zarabatana no vídeo de abertura. Mais para o final da novela, por incrível que pareça, a conduta de Paulo piora, a ponto de ser expulso da Patrulha Salvadora.

Mauro Ayala (Gabriel Castañon)

Mario Ayala (Gabriel Castañon) é uma personagem que entra bem depois do início da novela. Filho de um homem que vive de viagens para ganhar duramente a vida, vivia também com a meia-irmã e a madrasta. Estudava na Escola Mundial, assim como a quase totalidade das crianças da série. Em seu primeiro dia de aula com a professora Helena, se comportou tão mal que fez a professora Helena e toda a turma chorar. Ele já vinha de outra turma e o trocaram por problemas similares.

O próximo passo seria sua expulsão. Mas com o passar do tempo foi se tornando mais comportado e amigo de todos. Possuía um cachorro, com o nome de Rabito. Incrivelmente, durante a sucessão de capítulos da novela, o cachorro que representava Rabito foi trocado por outro bastante diferente. Após sentir-se forçado pela moral a doar Rabito para uma garota de cadeira de rodas (sua dona anterior, que o chamava de Caramelo), Mário Ayala ganhou dela um outro cão, um pastor alemão, ao qual também colocou o nome de Rabito e se tornou o mascote da heróica Patrulha Salvadora.

Sua madrasta o odiava e chegava a esconder dele coisas de comer para dar somente à sua legítima filha. Em uma das viagens do pai do menino, Natália – a madrasta – se uniu a seu cínico irmão para matar o coelho do garoto para cozinhá-lo. Mario chegou a tempo de salvá-lo. Esse fato causa a separação do casal. No final, Natália se arrepende, volta com seu

Laura Gignoni (Hilda Chávez)

marido e passa a viver em paz com o garoto, inclusive se tratando como mãe e filho.

Laura Gignoni (Hilda Chávez) é uma gordinha comilona e romântica, passava o dia com um grande sanduíche na mão, e não perdia a chance de desabafar num suspiro “Isso é tão romântico!” E também: “Você é muito anti-romântico!!!”, ou “Isto é muito sentimental”.

Marcelina Guerra (Georgina García)

Marcelina Guerra (Georgina García) é a irmã de Paulo, é o oposto do irmão, sendo boazinha demais e sempre defendendo os injustiçados, como Cirilo e Laura.

Cirilo Rivera (Pedro Javier Viveros)

Cirilo Rivera (Pedro Javier Viveros) é um menino pobre e negro. Cirilo caracterizava-se por sua ingenuidade e inocência. Cirilo costumava acreditar e cair em praticamente todas as brincadeiras que fizessem contra ele, sendo por isso sempre motivo de chacota por alguns colegas, em especial o temível Paulo Guerra, que se divertia levando Cirilo na conversa de diversas maneiras.

O pequeno Cirilo era ainda apaixonado por uma coleguinha de turma, a linda e mimada Maria Joaquina Villaseñor; amor esse que não era correspondido, pois Maria Joaquina era, além de tudo, egoísta, mimada, e, sobretudo, racista. Mas com o tempo sua bondade é recompensada, quando Maria Joaquina se arrepende de tudo o que fez e finalmente no último capitulo se torna sua amiga.

Maria Joaquina Villaseñor (Ludwika Paleta)

Maria Joaquina Villaseñor (Ludwika Paleta), filha de um renomado médico (o Dr. Miguel Villaseñor), é uma menina rica, bonita, porém arrogante, mas com o tempo aprende a dar valor as coisas importantes da vida. Na trama, foi sequestrada, mas salva por seus amigos e por Cirilo, colega apaixonado e desprezado pela menina, por ser negro e pobre, ela demostra sentir um amor e claro conrrespondido por Jorge Del Sauto. Mesmo com esse comportamento, em alguns capítulos, Maria Joaquina, ao contrário de Jorge Del Sauto, não se mostra uma menina malvada mas uma garota que, consciente do amor, ajuda seus amigos em algumas ocasiões.

Kokimoto Mishima (Yoshiki Taquiguchi)

Kokimoto Mishima (Yoshiki Taquiguchi) é um espevitado oriental. Sempre com sua faixinha de karatê amarrada na cabeça, era invocado e não levava desaforo para casa, sendo um dos capangas guarda-costas do temível Paulo Guerra. Porém Kokimoto era um bom menino, e foi mais tarde substituído do cargo de braço-direito de Paulo por Mário Ayala. Kokimoto é o mais “saidinho” de seus colegas. Inclusive, na ocasião de férias de fim de ano, passada com toda a turma, sempre tentava espiar as meninas trocando

Valéria Ferreira (Krystel Klithbo)

de roupa nas barracas.

Valéria Ferreira (Krystel Klithbo) é a namoradinha míope do Davi. No auge da pobreza, quando seu pai assinou papéis para um canalha que o traiu deixando-lhe uma dívida enorme, costurou roupinhas de boneca durante a madrugada para tentar vendê-las numa loja de brinquedos; pelas manhãs mostrava-se exausta e era constantemente repreendida pelos pais, que não sabiam da boa ação.

Davi Rabinovich (Joseph Birch)

Davi Rabinovich (Joseph Birch) é um estudante judeu. Com seu rosto angelical e cabelos loiros e cacheados, o pequeno Davi não perdia tempo com as mulheres, tendo como affair a levada Valéria, sua colega de classe. O clímax da atuação do jovem semita se deu quando se oferece para sacrificar seu amado animal de estimação, uma tartaruga, para fazer uma sopa capaz de curar o porteiro Firmino de uma doença. A idéia se dá após uma aula na qual a professora Helena afirma que uma sopa de tartaruga poderia até ressuscitar os mortos. Não precisamos dizer que Firmino não aceitou a realização deste ato cheio de ternura.

Daniel Zapata (Abraham Pons)

Daniel Zapata (Abraham Pons) é o líder intelectual da turma, 100% correto e incorruptível. Com seu cabelo em forma de tigela e rosto sardento, foi o criador da organização filantrópica e sem fins lucrativos “Patrulha Salvadora”, que com suas missões ajudou vários personagens nas mais inusitadas situações.

Carmem Carrilho (Flor Eduarda Gurrola)

Carmem Carrilho (Flor Eduarda Gurrola) é uma menina estudiosa, extremamente pobre, que sofria com a separação dos pais. Destacou-se ao sofrer de apendicite aguda, precisando ser rapidamente operada pelo pai de Maria Joaquina. Outras várias situações envolveram a menina, como a festa de Primeira Comunhão da prima rica, que exigia que suas convidadas vestissem-se de branco dos pés a cabeça. Carmen não tinha essa roupa e seus pais não podiam comprar para ela. Mas no fim, a Patrulha Salvadora deu um jeito na situação e mais uma vez mostraram o quanto são unidos e amorosos.

Jaime Palillo (Jorge Granillo)

Jaime Palillo (Jorge Granillo) é um gordinho de coração enorme que sempre repetia “Mas que droga de cabeça!” quando não acertava um problema de matemática. Jaime Palillo só temia seu velho pai, o grosseirão Rafael Palillo, um mecânico de automóveis de bom coração, mas que sempre ralhava com o filho na época de assinar os boletins escolares. Numa ocasião, ao tirar nota baixa na escola, Jaime fugiu de casa e pelos caminhos da vida, encontrou um mendigo que o ensinou a tocar gaita e até lhe deu uma de presente. Esse dom serviu mais tarde para que Jaime tocasse “La Bamba” em sua gaita na festa da escola.

Professora Helena Fernández (Gabriela Rivero)

Professora Helena Fernández (Gabriela Rivero): professora do Ensino Fundamental da Escola Mundial, é a personificação de tudo o que é bom e correto. A jovem e linda professora Helena era tutora, amiga e mãe de seus alunos. Com seu jeito meigo e enorme paciência, a professorinha era amada por todos.

4 COMENTÁRIOS

    • O meu sonho e trabalhar como atris meu nome é Nathali Viviane de Souza minha mãe não se interessa no meu sonho. então se quiserem me procura é só me procurar no Rio Grande do Norte.

  1. vou sentir muita falta de carrossel a….cho qemmmmmmm!!!!!!!!!!!1vouc…h….o…r….a….
    buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa………………..!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    ass.para sempre n@y@r@

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui