Creches: a diferença de um bom começo

De 0 a 3 anos é a fase em que o cérebro humano está a pleno vapor: é quando as informações, experiências, imagens, sons e texturas – tudo o que a criança vivencia – são usados para formar a arquitetura do cérebro, que é base para aprendizagem e comportamento durante toda a vida. A creche é um local de estímulos e experiências que contribui com essa etapa do desenvolvimento. O Caminhos da Reportagem percorre vários estados do país para mostrar como as creches, públicas ou privadas, têm trabalhado com os bebês e também como a falta delas ajuda a acentuar as diferenças sociais.

O programa retrata como os estímulos nas horas certas constroem uma base de inteligência que é usada durante a vida. Em Joinville (SC) e Florianópolis (SC), onde é alto o número de crianças nas creches, professores e família se unem para transformar os centros infantis em locais nos quais as crianças aprendem brincando – e não apenas onde os filhos ficam enquanto os pais trabalham.

Na educação infantil, que vai de 0 a 3 anos (creche) e de 4 a 5 anos (pré-escola), a oferta é obrigatória e deveria ser acessível a todos. Mas a equipe de reportagem verifica que nem sempre isso é cumprido. Na Cidade Estrutural, no Distrito Federal, a falta de escolinhas para essas idades fez surgir as creches sociais, de pessoas da própria comunidade que, por necessidade e solidariedade, cuidam dos filhos de trabalhadores da região. 

A oferta de vagas em creches públicas também é muito desigual nas diferentes regiões do país: enquanto em Santa Catarina a taxa de cobertura é superior a 47%, no Amazonas é de 11%. Em Manaus (AM), as obras paradas de uma creche colocam em risco social crianças que ficam sozinhas enquanto os pais têm que trabalhar. O programa também mostra que a Justiça é acionada para matricular quem mais precisa, aumentando, assim, o tempo de espera na fila para quem aguarda uma vaga.

Ficha técnica
Reportagem: Amanda Cieglinski
Produção: Amanda Cieglinski 
Apoio a produção: Morillo Carvalho, Ana Graziela Aguiar e Aline Beckstein
Imagens: Rogerio Verçoza 
Apoio de imagens: Sigmar Gonçalves (AM), André Pacheco (DF) e Jefferson Pastori (SP)
Auxílio técnico: Edivan Viana
Apoio de auxílio técnico: Alexandre Souza (DF), Dailton Matos (DF) e Caio Araújo (SP)
Edição de texto: Carina Dourado
Edição de imagem e finalização: Henrique Corrêa e André Eustáquio
Arte: André Maciel

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui