‘Ter QI maior que Einstein não me obriga a ter os feitos dele’, diz filósofo Fabiano de Abreu

688

Membro da Mensa, sociedade com pessoas de maior QI do mundo, filósofo rebate ataques por possuir inteligência comparável a gênios ilustres

Convidado para participar dos principais telejornais da TV portuguesa, o filósofo e assessor de imprensa luso-brasileiro Fabiano de Abreu, membro da Mensa, sociedade de pessoas com maior QI do mundo, relata que é constantemente atacado após a imprensa divulgar que os resultados de seu teste de inteligência é maior que os de Albert Einstein e até Steve Jobs.

Ter QI maior que Einstein e Jobs não me obriga a ter os feitos deles. A princípio, deixei divulgar o resultado em prol da associação, que busca mais pessoas interessadas nos seus testes. Não imaginava que seria atacado por ter um resultado de QI cujo número é maior que dessas personalidades. Constantemente, sou atacado na media social, cobram-me o que fiz para mudar o mundo e até há quem diga que me comparo a eles. Não mudei o mundo, mas sinto-me bem por ter mudado a vida de milhares de pessoas, ter a minha participação e agregar no desenvolvimento e credibilidade da imprensa e usar do meu curto tempo livre para criar o que chamo de ideias gratuitas para uma vida melhor.

Fabiano de Abreu esteve no telejornal ‘Edição da Manhã’, na SIC, e no Manhã CM, da CM TV, falando sobre ter um dos maiores QI do mundo e sobre a sua incansável tentativa de que os governos brasileiro e português possam dar atenção e oportunidades melhore a crianças  superdotadas; da mesma forma, pretende promover os testes de inteligência para que jovens possam avaliar suas aptidões e, com isso, ajudar na escolha de uma profissão que melhor se adapte ao tipo de inteligência.

Países como Suíça e Alemanha fazem testes de inteligência, não de QI, de inteligência mesmo, para avaliar as aptidões e dar opção de escolha para que jovens se tornem grandes profissionais. Isso deveria acontecer também no Brasil e em Portugal. Não estou falando em criar máquinas direcionadas a fazer o que queremos ou necessitamos. Estou falando em mostrar opções para que o jovem decida por si. Muitos não sabem nem o que querem fazer e qual profissão escolher. Quantos adultos, trabalham no que não querem ou no que não gostam devido à falta de opção ou porque foram induzidos pela moda ou pelos pais.

Fabiano foi condicionado a três testes, sendo um de inteligência, um de QI (por uma neuropsicóloga especializada) e o terceiro teste de QI pela Mensa. O seu resultado foi de, em números atuais, 99 de percentil, que equivale a menos de 1% da população mundial.

Sobre o filósofo e assessor de imprensa

Fabiano de Abreu é um assessor de imprensa já conhecido no Brasil, considerado o assessor que mais alçou personagens à fama por jornalistas nacionais e internacionais. Figuras como Cris Cyborg, a bandeirinha Fernanda Colombo, a Musa da Cinturinha Fina Fernanda D’avila, Sue Lasmar, Mendigata e outros 500 personagens de diferentes segmentos se destacaram através dos temas criados por ele ao longo de seis anos. Fabiano. que também é filósofo e poeta nas horas vagas, semanalmente dedica o seu pouco tempo livre para escrever teorias que são aproveitadas por rádios e alguns sites de notícias no Brasil, em Portugal e em Angola.

Tenho como hobby escrever frases filosóficas e depois explicá-las com soluções. Sinto-me bem com isso já que são teorias sobre a vida e a maneira de lidar com os problemas dela da melhor maneira possível. É uma espécie de ajuda a quem interessar e uma maneira de sentir-me útil.

O filósofo nasceu no Rio de Janeiro e, atualmente, mora numa vila pacata em Portugal chamada Castelo de Paiva, beirando o famoso rio Paiva, que já foi considerado o rio mais limpo de toda a Europa. Filho de imigrantes portugueses que foram para o Brasil na década de 1940, Fabiano escolheu a vila como recanto para fugir das confusões dos grandes centros, trabalhar a assessoria de imprensa à distância como sempre fez e escrever os seus livros, poemas e teorias filosóficas.

Já tinha vontade de viver em Portugal desde pequeno. Aproveitei o conturbado momento do Brasil em que já não conseguia mais ler as notícias e lidar com tanta desordem e realizar o que queria. Eu não fugi do Brasil, estou sempre lá e faço a minha parte para ajudar a contribuir e propagar o que o Brasil tem de melhor, assim como os seus personagens que se destacam em todo o mundo. Ter que lidar com a violência e injustiça estava a sugar-me a alma diariamente. Precisava de um canto para pensar e contribuir para uma sociedade melhor com a mente sã e seguro.

Para o filósofo, a solução está na educação e na maneira que a conduzem:

O problema da educação não está no tipo de livro a ser utilizado, mas, sim, numa atenção maior ao indivíduo estudante. Uma professora de escola pública pediu-me ajuda para as aulas de filosofia, pois os alunos não se interessavam. Criei então o que chamei de poema-filosófico. Pensei em rimar teorias que pudessem ajudar a abrir a mente dos jovens sobre as questões da vida com temas atuais principalmente vividos por eles. Isso é uma gota num rio de necessidades para que possamos melhorar a educação. Enumeraria vários métodos aqui que não custariam tanto e poderiam ajudar no futuro de uma nação.”

Referências:

CMTV: https://www.cm-tv.pt/programas/entretenimento/manha-cm/detalhe/fabiano-de-abreu-tem-um-qi-superior-ao-de-einstein

SIC: https://www.youtube.com/watch?v=LxtWbCOToiM

https://www.boqnews.com/etc/fabiano-de-abreu-reconhecimento-nacional-e-internacional-da-imprensa/

 

 

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui