Esporte mantém advertência e libera Cielo para o Mundial

143

 O nadador Cesar Cielo foi absolvido hoje (21) pela Corte Arbitral do Esporte (CAS). O tribunal decidiu manter apenas a advertência ao atleta, feita pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

O nadador foi pego no exame antidoping pelo uso da furosemida, substância diurética que pode mascarar o uso de anabolizantes. A defesa de Cielo alega que um suplemento utilizado pelo nadador foi contaminado pela substância durante a manipulação.

A Federação Internacional de Natação pediu punição mais severa que a advertência e levou o caso à CAS. A entidade pedia três meses de suspensão para o atleta. Com a decisão da corte, Cielo está liberado para disputar o Mundial de esportes aquáticos, que está sendo realizado em Xangai, na China. Ciele vai competir no próximo domingo (24).

Além de Cielo, os nadadores Nicholas Santos e Henrique Barbosa, que foram pegos no exame antidoping pelo uso da mesma substância, também foram absolvidos pela CAS. Já o atleta Vinicius Waked foi suspenso por um ano, por ser reincidente.

 

Agência Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui