Foz e Cascavel buscam reabilitação na Liga Nacional de Futsal

30

Duelo paranaense será exibido, ao vivo, pela TV Brasil

Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

Atrás da primeira vitória na edição 2020 da Liga Nacional de Futsal (LNF), o Foz Cataratas recebe, neste domingo (13), o Cascavel, que tenta a reabilitação após duas derrotas seguidas. A TV Brasil transmite a partida ao vivo, direto do ginásio Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu (PR), a partir das 11h (horário de Brasília).https://www.instagram.com/p/CE-o2j5B0x8/?utm_source=ig_embed

Após largar com derrotas para Carlos Barbosa (1 a 2), Joinville (0 a 2) e Marreco (1 a 2), o Foz mostrou poder de reação contra o Atlântico, saindo de uma desvantagem de dois gols para buscar o 2 a 2 em Erechim (RS). O empate rendeu o primeiro ponto ao Azulão das Três Fronteiras, que é o último no Grupo B. A equipe é a atual bicampeã paranaense e a melhor campanha, em nível nacional, foi o terceiro lugar em 2007, ano de estreia na Liga.

“Sabíamos que eles [Atlântico] proporiam o jogo o tempo todo. Focamos mais a marcação, com objetivo de correr o menor risco possível. Era o nosso terceiro jogo na semana, então não teríamos tanta força física para mandar no jogo. Deu certo, até certo ponto. A efetividade tem de ser feita a partir de uma vitória, mas pontuar contra uma equipe forte nos deu uma tranquilidade maior para trabalhar”, avalia o técnico Marlus Socoloviski.

O resultado parece ter realmente virado a chave no Foz, que venceu os dois compromissos seguintes, ambos em casa: pela Liga Paraná (3 a 1 sobre o Dois Vizinhos) e Campeonato Paranaense (3 a 2 contra o Toledo). “A expectativa [para enfrentar o Cascavel] é a melhor possível. Tivemos resultados positivos e esperamos conquistar a primeira vitória [na LNF]”, afirma o goleiro João Paulo, destaque no empate com o Atlântico.

Ao contrário do rival de domingo, o Cascavel atuou pela Liga Paraná na semana retrasada, com vitórias sobre Marechal Rondon (5 a 1) e Palmas (4 a 0), e teve os últimos dias ocupados com os jogos pelo Grupo B da LNF. A Serpente tropeçou fora de casa, contra Carlos Barbosa (2 a 0) e Atlântico (2 a 1). A equipe segue com os mesmos três pontos da estreia, quando derrotou o Marreco, em Francisco Beltrão (PR), por 2 a 1.

Do time que encerrou a primeira fase em quinto lugar no ano passado, caindo nas oitavas de final para os catarinenses do Joaçaba, ficaram a comissão técnica e cinco atletas. Entre eles o fixo Carlão, capitão e artilheiro do Cascavel em 2020, com seis gols, sendo três pela LNF. O ala Eduardo Jabá, que é um dos 12 reforços trazidos para a temporada, é o principal assistente, com três passes para gol no ano.

Confira a classificação da Liga Nacional de Futsal.

Edição: Fábio Lisboa

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui