Rio Branco de Venda Nova é campeão capixaba de 2020

157

Brancão fatura primeiro título na elite em 75 anos de história

 

Em busca do primeiro título na elite em 75 anos, os donos da casa partiram para cima com tudo contra o time da grande Vitória, que é o maior vencedor do Estadual com 37 troféus. A pressão da equipe do interior deu resultado logo no minuto inicial do jogo. O centroavante Rafael Castro aproveitou uma excelente enfiada de bola de Arthur Faria para abrir o placar na decisão. Este foi o oitavo gol de Rafael no Capixaba 2020, que terminou o campeonato como artilheiro.

Aos 20 minutos, quase o segundo gol. Depois de uma cobrança de falta, a zaga do Capa-Preta cortou mal e Daniel matou no peito antes de finalizar para excelente defesa do goleiro Diogo. Mesmo em vantagem, a equipe da casa seguia em cima. Dez minutos depois, mandou uma bola na trave com o artilheiro Rafael Castro. Aos 34, seguia o bombardeio. Geancarlo mandou uma bomba de cabeça. O goleiro Diogo salvou milagrosamente. No rebote, Gustavo Tonoli dividiu com a zaga e perdeu a chance de ampliar com o gol vazio. No primeiro tempo, o jogo ficou assim, com a vantagem parcial dos donos da casa por 1 a 0.

 

Na abertura da segunda etapa, o Capa-Preta partiu em busca do empate. E quase conseguiu logo aos seis minutos. Nildo fez boa jogada antes de concluir forte para belíssima defesa de Giovani Perim. A bola ainda bateu no travessão antes de sair. Mas a força dos visitantes durou pouco. Aos 15 e 16 minutos, o Brancão Polenteiro, como a dona da casa é conhecida, desperdiçou duas boas oportunidades. Precisando do gol, o time de Vitória perdeu uma chance clara. A zaga da equipe da casa cortou mal e Gil Mineiro mandou uma bomba só que sem direção. Aos 29, teve reclamação de pênalti para o Rio Branco de Venda Nova. Wendell tentou o gol de cabeça, mas a bola bateu nas costas do Arthur. A arbitragem mandou seguir.

Os visitantes seguiram a pressão, mas novamente foi o time da casa que quase marcou. O zagueiro Daniel driblou na área adversária e só não fez o segundo gol aos 38 minutos porque dois jogadores do Capa-Preta apareceram para mandar a bola para escanteio. Já na reta final, teve chance clara de um lado, com Petróleo quase marcando para o Rio Branco de Vitória. E, na sequência, Ivan quase fez mais um para os donos da casa em um chutaço que explodiu no travessão. Aos 46, Petróleo tentou uma bicicleta e o goleiro do Brancão Giovani Perim salvou. No rebote, Ronicley ia empatar. Mas o goleiro evitou o gol mais uma vez. Veio o apito final e o placar ficou mesmo no 1 a 0. A festa foi toda do Rio Branco de Venda Nova do Imigrante, campeão capixaba pela primeira vez na história.

Com a conquista inédita, o Rio Branco vai direto à fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro 2021. O Rio Branco de Vitória vai ter que disputar a fase preliminar do torneio nacional. As duas equipes vão jogar também a Copa Verde e a Copa do Brasil em 2021. 

Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – São Paulo

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui