Agostinho Patrus defende união no combate à pobreza em Minas Gerais

26

Em clima de esperança e coletividade, cidadãos que atuaram na pandemia foram homenageados com a Ordem do Mérito Legislativo 

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), entregou, nessa segunda-feira (22/11), a Ordem do Mérito Legislativo 2021 a cidadãos e instituições que atuaram para amenizar as crises social, econômica e sanitária gerada pela pandemia de covid-19. A solenidade aconteceu no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, com a presença de importantes autoridades do Estado.

Com o tema “Mineiras e mineiros na recuperação econômica e social do Estado no pós-pandemia”, a comenda teve o propósito de reconhecer todos que contribuíram e continuam colaborando para a retomada do desenvolvimento social e econômico de Minas Gerais.

Mesmo reconhecendo que a doença agravou “epidemias” que o Brasil já enfrentava, como a pobreza, a desigualdade social, o desemprego e a fome, o deputado Agostinho Patrus fez um discurso de esperança. “A mensagem do Parlamento é de esperança e disposição de seguir trabalhado, a fim de que a retomada do desenvolvimento mineiro ocorra de maneira pujante e célere”, pronunciou.

O presidente da ALMG recorreu a outras tragédias históricas, como a peste-negra no século XIV e a Segunda Guerra Mundial, para enfatizar os avanços alcançados depois de cada uma delas. “A crise é professora. Depois de um período de recolhimento e morte, há uma explosão de vida. É hora de agir”, enfatizou.

Agostinho Patrus citou, entre as ações do Parlamento mineiro, o Recomeça Minas, um pacote de estímulos para incentivar a retomada social e econômica do Estado. Ainda, reforçou a disposição do Legislativo para, em parceria com as instituições, auxiliar a população em situação de vulnerabilidade.

“A Assembleia de Minas espera construir um novo ‘século das luzes’ em nosso Estado, sobretudo com atenção com as camadas mais vulneráveis da população, tão castigadas pelas consequências desta crise planetária e tão necessitada do nosso cuidado fraterno”, concluiu.

Oradora exalta trabalho coletivo

Falando em nome de todos os agraciados, a reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Sandra Regina Goulart Almeida, agradeceu ao presidente Agostinho Patrus pela honraria concedida e “por se manter sempre fiel aos anseios do povo mineiro e por trazer, à Assembleia de Minas, uma liderança que muito nos orgulha”.

Sandra defendeu uma reconstrução conjunta e de mãos dadas entre pessoas e instituições. “Os graves impactos da pandemia ainda serão sentidos por um tempo”, justificou. A reitora também mencionou os grandes desafios que se apresentam, mas enfatizou as potencialidades de Minas e seu compromisso com valores democráticos, com a justiça social e com a liberdade. A reitora ainda saudou todos os afetados diretamente pela pandemia e destacou a atuação da Assembleia durante a crise sanitária.

Ela citou o exemplo da vacina da UFMG, desenvolvida, segundo ela, graças ao trabalho de pesquisadores, mas também à parceria com a ALMG. Ela se referiu a R$ 30 milhões destinados à pesquisa da vacina, vindos de emenda ao acordo do Executivo com a Vale. A mesma emenda ainda destinou outros R$ 54,5 milhões para o combate à pandemia de covid-19 e à assistência a pessoas e segmentos em situação de vulnerabilidade social.

Além da reitora da UFMG, foram agraciadas, também, importantes autoridades, cidadãos e instituições. Entre os homenageados, está o defensor público-geral do Estado, Gério Patrocínio Soares; o procurador-geral do MPMG, Jarbas Soares Júnior; o presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais, Bruno Souza Farias; a coordenadora da Pastoral de Rua na Arquidiocese de Belo Horizonte, Claudenice Rodrigues Lopes; o presidente da Associação Comitê Rio da Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida, Daniel Carvalho de Souza; o virologista e pesquisador do Centro de Tecnologia em Vacinas da UFMG, Flávio Guimarães da Fonseca; e a médica pneumologista Marisia de Almeida Ritti.

Crédito (foto): Victor Oliveira/ALMG
 
 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui