Apagão de ontem deixa Rio, SP,MG e ES totalmente no escuro

298

Itaipú diz em nota após apagão, que opera normalmente.

Ponto de ônibus na Av. Cidade Jardim, em São Paulo
Ponto de ônibus na Av. Cidade Jardim, em São Paulo

Estados atingidos São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal, Bahia e Pernambuco.

As cidades mais atingidas foram Rio, SP, ES e MG que ficaram totalmente no escuro. A usina de Itaipu informou, que após o blecaute que atingiu parte do país voltou a operar normalmente às 6h desta quarta-feira (11) e que não registrou nenhum tipo de pane em suas instalações. Indícios apontam para falha na transmissão entre o Paraná e São Paulo, segundo a usina. O blecaute atingiu em diferentes proporções ao menos doze estados.

A região mais afetada foi a Sudeste. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo ficaram totalmente sem luz.

Em Minas Gerais, houve blecaute total nas regiões do Triângulo Mineiro e da Zona da Mata, mas em partes de Belo Horizonte a luz não caiu durante a noite. O apagão também afetou o interior do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, o interior da Bahia e partes de Pernambuco. Do outro lado da fronteira, o Paraguai, que também recebe energia de Itaipu, ficou às escuras, em consequência do que usina chamou de “efeito dominó”.

Segundo a usina, por volta das 6h 18 das 20 unidades geradoras produziam energia para o Brasil e o Paraguai.

Ministro fala a imprensa

Em entrevista coletiva em Brasília, o ministro Edison Lobão afirmou que “houve um desligamento completo de Itaipu”. “Uma linha de transmissão caiu e determinou a queda de outras”, disse ele. O ministro Lobão avaliou que não é possível afirmar, com certeza, o que causou a falha no fornecimento de energia elétrica. Entretanto, segundo ele, o problema teria sido provavelmente causado por “fatores atmosféricos”, como “tempestades de grande intensidade”.

“Somente amanhã (quarta-feira) vamos saber o que aconteceu”, disse Lobão.

Nas grandes cidades os ladrões aproveitaram para assaltar as pessoas, em São Paulo trens ficaram parados nas linhas devido o apagão, a polícia do Rio registrou vários alarmes falsos e trotes durante apagão.

O presidente de Itaipu, Jorge Miguel Samek, disse que “não houve problema de geração de energia” e sim “um problema de avaria, um raio ou tempestade, que (teriam) derrubado algumas torres de energia”. “Há 99% de chance de o apagão ter sido provocado por um vendaval “, disse.

“Alguma perturbação ou acidente afetou em um ou mais pontos o sistema de transmissão, inclusive o de Furnas, responsável por levar energia de Itaipu para o Sul e Sudeste”, disse a Itaipu em nota. Na mesma nota, a empresa afirma que o restabelecimento de serviço começou às 22h30 de terça (10), no Paraguai. Às 0h30 desta quarta (11), foi retomado de maneira parcial o fornecimento para a região Sudeste do Brasil.

No início da madrugada, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) disse que ainda não havia identificado a origem do blecaute e que a maior preocupação era recompor o sistema. De acordo com a informação repassada pelo ONS ao ministro de Minas e Energia, somente com o restabelecimento total da energia será possível um diagnóstico do que aconteceu.

Fonte: CBN e TV Globo

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui