Como é a mulher que eu amo…

72

… ou, como desejo a mulher da minha vida toda…

A minha, quero assim,

não, não a quero assim.

Sinceramente, a desejo toda boa,

cinturinha de violão, uma bunda… maravilhosa,

seios desse tamanho e mais, muito mais.

Conheci muitas com todos estes atributos,

quantos prazeres, abusávamos um do outro.

O tempo mostrou a maravilha que é a mulher,

eu sempre querendo mais,

outra e uma melhor ainda,

consegui, foi prazeroso, esperei e veio, também passou,

não vi, mas ela me quis.

Despreocupado, tinha uma certeza, amanhã a encontro.

E o tempo impiedoso foi passando.

na contra mão, eu certo de que amanhã a encontraria,

errei.

Quantas maravilhas escorreram por minhas mãos.

Tudo bem, erro meu.

não, erro meu não, prefiro crer que apenas…

abusamos.

A certeza desta incógnita, encontrei você,

já faltou muito para a realização de meus sonhos,

porém hoje falta pouco, bem pouco, você sabe disto,

conquistou-me da cabeça aos pés.

Não vou resistir, pressinto, ela me encontrou,

chegou e vai nos conduzir ao amor.

O poeta do lago

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui