Dicas para se manter e crescer no mercado de trabalho

192

empregoO bom relacionamento no ambiente de trabalho, com todos, os colegas, terceiros que se relacionam com a comunidade do emprego, deve ser estimulada. Tratar as pessoas bem, ser atencioso, prestativo e preocupado em auxiliar principalmente os que estão abaixo de você, só ajuda na manutenção do emprego. Há um ditado que diz que seu maior advogado, na sua ausência, são as suas boas ações. Perante o seu eleitorado nenhum adversário ou inimigo oculto, tem a coragem de lhe acusar e sorrateiramente buscar denegrir a sua performance profissional, porque não há espaço e nem aonde se sustentar.

Não puxar o saco, é importantíssimo. Há uma tremenda atração de quem quer subir na empresa, se relacionar com quem possui as chaves das portas, isso é natural, porém, deve ser usado de forma moderada e discreta. Entenda que para subir na vida, você precisa ter costura acima e abaixo do seu lugar na pirâmide. Muitos são os chefes que estão investidos no cargo e não tem legitimidade para lá estar, são odiados, boicotados, sabotados pelos subordinados, todas as vezes que estes tem a chance. Portanto, analise a sua posição e busque, com sinceridade, estar alinhado com essas duas forças. Seja você mesmo, mas sempre planejando seus passos.

Busque serviço, que isso irá lhe valorizar no emprego. Não se esquive das suas responsabilidades e nem daquelas que querem empurrar para você resolver. Muitos acham que você é bobo, que está sendo explorado, que está sendo enganado, ludibriado e fazendo o serviço dos outros sem a devida remuneração. Na verdade, existe um pouco disso mesmo, mas em contrapartida você passa a ser importante para todos, principalmente para os que usam a sua competência dessa forma. Estes fazem de tudo para não lhe perder, pois precisam da sua força de trabalho para alavancar a imagem deles na empresa. É mais um time que luta para que você jamais vá embora.

Seja pontual e constante, imagine que o seu chefe é o armador do time, que adora lança a bola e ter na posição avançada alguém para recebe-la e administra-la. Vejo que muitos trabalham bastante, lutam mesmo, mas não andam de forma constante e não são pontuais, às vezes estão no horário, outros momentos atrasados e noutros adiantados. Ande de forma cadenciada, seja persistente e constante, faça com que o chefe saiba que naquele momento e posição, você está a postos para receber a bola. Assim, ele conta muito com você e não vai querer perde-lo facilmente.

Se pagar também é uma grande dica, porque muitos empregados acham que o dinheiro que ele recebe vem do Governo ou cai do céu. Não fazem a conta de quanto produzem, em relação do quanto recebem (com os absurdos encargos). Faça a conta, veja quanto está gerando de lucro para a empresa, de resultado, de metas atingidas, registre isso (seja o ovo da galinha!) e deixe claro que você se paga com folga. Este ponto não só lhe mantém empregado, de forma segura, como pode ser o motivo para um reajuste salarial espontâneo.

Traga sempre o problema e a solução, ser mensageiro de boa notícia é importante. O empregador e a chefia não podem ter relacionado a sua pessoa a “má notícia”. Existe àquele empregado que adora dar notícia ruim. É a fiscalização que vai multar além da conta, o Banco que quer negar o empréstimo, o computador que quebrou e não presta mais, etc etc.. Ora, notícia ruim é o que faz vender jornais, sabemos disso, mas não siga esse rumo. Amenize a má notícia e sempre traga uma palavra de conforto, de solução, de horizontes, de esperança. Crie a imagem do mensageiro da paz e das noas novas, do sucesso, da prosperidade, do otimismo.

Evite trazer seus problemas para o ambiente de trabalho, observe que não quero sugerir que o empregado seja um robô risonho que tem uma vida infalível e feliz, sempre. Não é nada disso. O que eu quero alertar, é para àqueles que todos os dias contam uma desgraça na família, na vizinhança, é doença e desgraça para todos os lados, como se pretendesse que os colegas de trabalho fossem sempre lhe encarar como uma vítima em busca de ajuda. Peça ajuda sempre que necessário for, mas não faça disso uma razão de viver, evite.

As gírias, as brincadeiras de mal gosto, evite. Melhor que adote a linha de tratar todos dentro do código da empresa. Procure identificar isso, há empresas que as pessoas gostam de formalismo, outras não. Entenda que você não está em Casa e nem numa mesa de Bar com seus amigos de infância, portanto, siga o ritual de tratar todos bem, dentro de um respeito moderado, estimule o companheirismo, mas sem piadas, sem apelidos, sem assédio sexual, moral, etc..

Aperfeiçoe seu curriculum sempre, porque os empregadores adoram pagar cursos para os seus empregados que se mostram interessados em crescer. Aproveite isso, crie um calendário e divulgue, motive os seus colegas de trabalho. Observe que as empresas líderes do mercado capacitam eternamente os seus empregados, principalmente os gestores.

Pense com os dois lados da moeda, porque muitos empregados só pensam como empregados, e muitos empresários fazem a mesma coisa, só pensam como empresários. Se coloque no lugar de quem lhe assalaria, entenda os problemas, as dificuldades, os dias de crise e de maior tensão (do mês), buscando ser um facilitador e não um complicador. Arragace as mangas e ajude o seu empregador, pois fazendo a empresa crescer, você vai junto com ela.

1 COMENTÁRIO

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui