Empresa brasileira cria um jeans que combate a celulite

178

Uma das maiores aliadas do dia a dia feminino, a calça jeans agora entrou na briga contra a celulite. Uma empresa brasileira está lançando um tecido inteligente que, segundo ela, é capaz de combater os indesejáveis furinhos. image (10)

Para o tratamento começar a mostrar resultado, é preciso usar a peça por seis horas diárias, durante 30 dias, explica Mayra Montel, responsável pelo marketing da Rhodia, uma das 16 empresas brasileiras expositoras da 26ª edição da Colombiatex de las Américas, evento da indústria têxtil, realizado em Medellín, na Colômbia.

“O Emana é um tecido inteligente que em contato com o calor do corpo emite raios infravermelhos e estimula a circulação sanguínea. Traz benefícios para a pele, como a redução de celulite, deixa a pele mais macia e sedosa, traz firmeza, e é um efeito permanente que não se perde na lavagem do tecido”, explica.

Segundo Mayra, assim como um tratamento com cosméticos, é preciso ser contínuo o uso da peça para garantir o sucesso no combate à celulite. “Nada é milagroso, fizemos teste com o Instituto Cosmo Science. As voluntárias participaram do teste sem mudar a rotina, durante 30 dias já nota resultado e após 60 dias é fantástico”, afirma.

Por ser uma peça que acompanha as mulheres nos mais variados momentos, a empresa confia no sucesso do tratamento. “É uma peça democrática, queríamos levar isso para mulheres, que usam jeans no trabalho, para sair, pode ser calça, bermuda. Temos orgulho de dizer que o Emana é uma inovação brasileira”, comenta.

A partir dos fios desenvolvidos pela Rhodia com o DNA diferenciado, a também brasileira Canatiba criou o tecido, que foi apresentado pela primeira vez no ano passado, durante um desfile em Nova York, pelo estilista Alexandre Herchcovitch.

Em seguida, a peça foi parar no Fashion Rio, em novembro. As criações de Herchcovitch devem chegar às lojas do país até março, e marcas famosas também já estão em busca de levar o produto ao consumidor.

Apesar de não estimar o custo de uma peça, Mayra destaca o “custo-benefício”. “O valor de uma peça irá depender conforme a marca. Mas é um tecido que dura a vida toda”, afirma.

A jornalista viajou a convite do Inexmoda.

Curiosidades sobre o denim

– 8 A pesquisa para a fabricação da tecnologia do jeans que trata a celulite, patenteada com o nome Emana, durou cinco anos e custou à empresa US$ 7 milhões.

– O desenvolvimento do polímero para o jeans contra celulite foi feito em 2013, mas a tecnologia era aplicada desde 2008 pela Rhodia em roupas esportivas e para emagrecimento, como Lupo e Track & Field.

– Segundo o “Journal for Asia on Textile & Apparel”, o denim alcançou um consumo mundial de US$ 54 milhões no ano passado. Em todo o mundo, mais de 500 fábricas têxteis se dedicam ao tecido.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui