Você moraria numa dessas casas?

260

Sapatão

casa-sapatoA “casa-sapato”, na África do Sul, foi um presente do artista Ron Van Zyl para sua mulher.

Erguida em 1990, faz parte de um complexo com oito chalés, acampamento, restaurante, piscina e bar.

África do Sul também tem sua casa estranha, em forma de sapato.

 

Manifesto enjoado

casa5O empresário e filantropo polonês Daniel Czapiewski construiu sua “Upside Down House” (“casa de cabeça para baixo”) na vila de Szymbark como um manifesto “contra o comunismo e o fim do mundo”.

Sobre ela, diz-se que sua execução quase enlouqueceu os operários por causa dos ângulos das paredes. E que, do lado de dentro, a casa é capaz de provocar enjoos e tonturas nos turistas em poucos minutos.

 

Casa de um advogado mineiro

As duas casas têm área total de 152 m² e um jardim de 300 m². Obra custou cerca de R$ 180 mil (Foto: Álbum de família)
As duas casas têm área total de 152 m² e um jardim de 300 m². Obra custou cerca de R$ 180 mil (Foto: Álbum de família)

O advogado Eduardo José Lima, 64 anos, construiu duas casas de maneira inusitada em Belo Horizonte.

Uma delas tem o telhado no chão e a varanda no teto. Como não se contentou com a novidade, ele construiu outra residência ao lado, só que dessa vez o mineiro mandou o construtor colocar o telhado no lugar da parede.
Em fase de conclusão, as duas residências não têm moradores e viraram ponto turístico no bairro.

 

 Polonês constrói casa de cabeça para baixo na Alemanha

Operário trabalha nos acertos finais da 'Casa de cabeça para baixo', em Trassenheide, na Alemanha. A casa, construída pelo polonês Krzysztof Szczyska, faz parte do projeto artístico 'O mundo de cabeça para baixo', que será aberto ao público na próxima semana. Os móveis e objetos da casa também serão instalados ao contrário: sofás no teto e lustres no chão. (Foto: Frank Hormann/AP)
Foto: Frank Hormann/AP

Residência faz parte de projeto artístico ‘O mundo de cabeça para baixo’.Sofás serão colocados no teto e luminárias, no chão.

Na Foto: Operário trabalha nos acertos finais da ‘Casa de cabeça para baixo’, em Trassenheide, na Alemanha. A casa, construída pelo polonês Krzysztof Szczyska, faz parte do projeto artístico ‘O mundo de cabeça para baixo’, que será aberto ao público na próxima semana. Os móveis e objetos da casa também serão instalados ao contrário: sofás no teto e lustres no chão.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui