Dicas para quem quer abrir uma loja de roupa e não sabe por onde começar

41

Você já pensou em começar um negócio, mas não sabe muito bem o que fazer ou como dar o primeiro passo? Neste artigo vamos dar algumas sugestões para quem quer abrir uma loja de roupas e não sabe por onde começar. 

Não tente vender para todo mundo

Uma coisa que você tem que ter em mente é que não adianta achar que vai abrir uma loja do tipo C&A, Renner ou Riachuelo e ter sucesso da noite para o dia. Muita gente acha que precisa vender para todo mundo, e acaba querendo criar algo grande demais. Vender para todo mundo é difícil por vários motivos. 

O primeiro deles é que o investimento é muito alto. Você precisa investir em uma grade de numeração muito grande, além de ter que investir em roupas femininas, masculinas, teen, juvenil, infantil e bebê.

A realidade brasileira é que raramente alguém inicia um negócio tendo todo esse dinheiro para investir.

O segundo problema de querer vender para todo mundo é que o investimento em marketing também acaba ficando muito alto. Você não conseguirá se conectar com todo o seu público, e isso vai acabar impactando diretamente nas suas vendas. 

Então, a nossa dica principal é escolher algum nicho específico para começar. Podemos citar algumas ideias, como roupas masculinas sociais, roupas masculinas casuais, roupas masculinas para trabalho (no caso camisas, calças de alfaiataria, polos, etc.), roupas masculinas estilo skatista, roupas femininas casuais, roupas plus size, roupas femininas voltadas para o nicho evangélico, roupas femininas para trabalhar (roupas mais sociais e de alfaiataria), roupas somente para adolescentes, entre outras opções. 

Perceba que quando você nicha, você diminui o seu investimento e consegue comprar mais itens, que sejam de melhor qualidade e ainda se conectar com o seu público. 

E já que estamos falando em conexão com o público, outro ponto importante é o de tentar abrir algo em um nicho que você já consuma frequentemente. Por exemplo, se você tem uma filha adolescente que adoraria ser a influenciadora da marca, é um ótimo motivo para você montar uma loja que seja voltada para o público adolescente. Já se você é evangélica, você poderia montar uma loja voltada para esse público, já que a conexão com os seus clientes seria maior. 

Não se esqueça da burocracia

Muitas vezes, começamos a pensar tanto nos detalhes práticos da abertura da loja, que acabamos esquecendo da burocracia. Ter a sua empresa certinha desde o primeiro dia é muito importante. 

Por isso, recomendamos que você abra a sua empresa com a ajuda de um contador, de preferência em algum lugar de fácil acesso para você, já que provavelmente terá que conversar com o seu contador várias vezes. 

Uma boa dica é procurar uma empresa de contabilidade como a Catana, contabilidade em Bom Retiro, por exemplo. Essa  empresa de Assessoria Empresarial está localizada em um dos bairros mais conhecidos de São Paulo, quando o assunto é comprar roupas para revender. Você com certeza vai frequentar muito o Bom Retiro, e ter o seu escritório de contabilidade próximo, fará toda a diferença. 

Invista na experiência

Hoje em dia, existem milhares de lojas virtuais vendendo praticamente os mesmos produtos que você, e muitas vezes com preços menores do que o seu. Sendo assim, se você deseja abrir uma loja física, é importante oferecer uma boa experiência para a sua clientela. 

Foque em um ambiente aconchegante, que seja realmente a cara do seu público. 

Por exemplo, você pode ter algumas cadeiras no fundo ou na frente da loja para que as clientes possam se sentar e bater um papo, além de oferecer chá, café, bolos e mimos para elas. 

Você pode oferecer um espaço legal para que elas experimentem as roupas com as amigas, um espaço para que muito além das roupas, elas frequentem a sua loja para se sentirem bem e para que a experiência de compra seja completa, e não apenas comprar e ir embora. 

Distribua cupons de desconto para elas repassarem para as amigas, ofereça brindes, descontos no dia de aniversário, etc. Faça com que a sua loja realmente se torne uma loja diferenciada pelo que oferece e não apenas mais uma loja que precisa ficar brigando por preço. 

Hoje em dia, em que temos todas as compras ao alcance de um clique, é importante lembrar que a compra física precisa ser uma experiência única e não simplesmente uma compra a mais.

Invista na propaganda e divulgue no digital

Muita gente sonha em abrir uma loja física, mas se esquece que, mesmo a loja sendo física, é muito importante focar em fazer propagandas e em divulgar os seus produtos na internet e nas redes sociais. 

Além disso, você pode ter os dois ao mesmo tempo, ou seja, focar em uma loja física para vender no seu bairro ou na sua cidade e também em uma loja online que pode entregar para o Brasil todo. 

Mesmo que a sua loja seja física, é importante que você tenha presença nas redes sociais para fazer com que mais pessoas fiquem sabendo do seu estabelecimento e as suas vendas aumentem.  

Foque em interagir com os seus clientes também nas suas redes sociais e não só em transformar o seu perfil em uma vitrine e tenha a certeza de que as suas vendas vão aumentar consideravelmente.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui