Brasil terá 95,2 milhões de veículos em 2034, segundo estudo da Anfavea

17

20141106163706426548aO presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, apresentou hoje (6) um estudo que indica tendências do mercado automobilístico do país para daqui a 20 anos. De acordo com um dos três cenários (otimista, básico e pessimista), o trabalho 2034 – Uma Visão do Futuro mostra que a população brasileira vai saltar dos atuais 201 milhões de habitantes para 226 milhões em 2034, um crescimento médio de 0,5% ao ano.

Ao considerar um aumento médio de 3% ao ano, o Produto Interno Bruto (PIB) passará de US$ 2,243 trilhões em 2013 para US$ 4,036 trilhões em 2034, o que resulta em elevação do PIB per capita de US$ 11,2 mil em 2013 para US$ 17,9 mil em 2034. Quando levado em conta este aumento do PIB per capita e a tendência mundial de evolução da taxa de motorização, o estudo aponta que esta taxa no Brasil sairá de 5,1 habitantes por veículo em 2013 e chegará em 2,4 daqui a 20 anos. Isto significa que a frota circulante, segundo o estudo, crescerá 140%, ou seja, atingirá 95,2 milhões de autoveículos, enquanto em 2013 a frota era 39,7 milhões.

Segundo o estudo, para atingir tais resultados, o licenciamento em 2034 deverá chegar a 7,4 milhões de unidades comercializadas por ano, o que corresponde a um crescimento médio de 3,7% ao ano no período. Para Moan, os resultados do trabalho provam o potencial do Brasil no setor.

“Uma das maiores riquezas do Brasil é o seu mercado interno. Somos um país com dimensões continentais e com uma população que cresce tanto em número quanto em renda. Não tenho dúvidas de que estes são alguns dados que chamam a atenção de grandes empresas, que atraem tantos investimentos para o Brasil e que nos dão a certeza de que o futuro é promissor”.

Agência Brasil.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui