Inflação em São Paulo fica menor na segunda prévia de fevereiro

219

A ritmo de inflação na capital paulista diminuiu na segunda semana de fevereiro. A alta de preços, medida pela Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), foi de 0,95% na segunda prévia do mês.

Esse índice é 0,17 ponto percentual menor do que o registrado na primeira prévia. Há uma semana, a Fipe havia medido uma inflação de 1,12% em São Paulo.

A redução do IPC foi causada pela menor alta dos preços das despesas de alimentação (de 0,29% para 0,06%), transporte (de 3,24% para 2,47%) e educação (de 4,81% para 3,48%).

As outras quatro classes de despesas tiveram alta maior que do na prévia passada. Isso, entretanto, não teve grande impacto na inflação geral da cidade de São Paulo.

Segundo a Fipe, os seguintes grupos registraram aumento da taxa: habitação (de 0,58% para 0,67%), despesas pessoais (de 0,89% para 0,90%), saúde (de 0,73% para 0,92%) e vestuário (de 0,15% para 0,28%).

Na comparação da segunda prévia de fevereiro com a de janeiro, o IPC teve alta. No mesmo período do mês passado, a inflação foi de 0,86%, 0,09 ponto percentual a menos do que o registrado agora. Essa alta foi causada, principalmente, pelo aumento do custo da educação e do transporte.

Agência Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui