Perfuração de mais um poço confirma potencial de exploração de petróleo em Tupi

320

Rio de Janeiro – A perfuração de mais um poço de petróleo em Tupi – o quarto a ser perfurado no maior campo já descoberto pela Petrobras na região do pré-sal – confirmou as estimativas do potencial de exploração da estatal brasileira de 5 a 8 bilhões de barris de petróleo leve e gás natural nos reservatórios da Bacia de Santos.

Segundo nota divulgada na noite de ontem (12) pela Petrobras, o poço está localizado em profundidade de água de 2,1 mil metros, a cerca de 265 quilômetros da costa do Rio de Janeiro e 18 quilômetros a nordeste do poço descobridor, conhecido como Tupi.

De acordo com o texto, foi perfurada uma espessa seção (cerca de 250 metros) de reservatórios onde foi encontrado petróleo leve, demonstrado por testes em profundidades a partir de 4,9 mil metros. Além disso, está previsto para as próximas semanas o início dos testes de formação para avaliar a produtividade de todos os reservatórios do bloco BMF 11.

A Petrobras afirma, ainda, que o consórcio formado pela própria estatal, operadora da área com 65% de participação, BG Group (25%) e Galp (10%), para a exploração da área de Tupi, dará continuidade às atividades e investimentos previstos no plano de avaliação aprovado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) e que compreende, além do teste de formação a ser realizado no referido poço, a perfuração de outros poços na área.

Fonte: Agência Brasil

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui