Primeiro dia da maior feira agrícola do país tem movimento fraco

174

A estreia da 18ª edição da Agrishow, a maior feira agrícola em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, nesta segunda-feira (2), registra movimento fraco devido às chuvas que atingiram a cidade ao longo do dia.

Apesar de o número de visitantes ser divulgado apenas no fim da feira, os expositores e até vendedores ambulantes se queixam do mau tempo, que afastou os visitantes nesta abertura.

“A gente já sabe que o primeiro dia costuma ser mais devagar mesmo, com menos pessoas, mas essa chuvinha acaba atrapalhando mais”, disse o expositor da Stara, Renan Ambrósio. Mesma avaliação teve Rafael Costa, da Valtra. “Hoje esse tempinho deixou o movimento bem mais tranquilo. Mas amanhã deve ser diferente”, afirmou.

O vendedor de água de coco Hélio Machado Domenes, que há oito anos participa do evento, disse que já esperava que menos pessoas viessem à feira nesta segunda-feira, mas não contava que o mau tempo deixaria o dia menos lucrativo.

Expectativa dos organizadores é receber 145 mil visitantes (Foto: Anay Cury/G1)

Apesar deste início morno, a vendedora Daniela Amaral mantém o otimismo. “Antes, a feira era realizada em outro período, pegava o finalzinho de abril. O tempo costuma ser melhor, menos frio. Era melhor. Mas, pelo que vimos na previsão do tempo, a partir de amanhã já melhora”, comentou

De acordo com a organização da feira, esse volume menor de visitantes era previsível. Porém, principalmente nos próxímos dois dias, as ruas do parque de exposições devem ficar mais concorridas.

 

Gl

 

 

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui