A realidade de Manhuaçu, quem sabe?

40

manhuacu-1Uma cidade com mais de 130 anos, com tempo suficiente para ter superado alguns obstáculos e possuir alguns atributos que normalmente o tempo se encarrega de trazer. Ao contrário que muitos imaginam a cidade é pobre e carece de socorro, não há em Manhuaçu infraestrutura nem para tocar a máquina administrativa, não há dinheiro suficiente para os serviços mais corriqueiros e a população sofre por não ter uma cidade organizada falta quase tudo em Manhuaçu no tocante aos serviços que a prefeitura deveria prestar aos manhuaçuenses, o prefeito Nailton Heringer com 4 meses a frente do executivo ainda não pode resolver serviços básicos que o município enfrenta, embora tenha sido hábil em adquirir em tempo recorde um terreno e doar para a construção do IFET escola modelo que num futuro próximo, além do aprendizado para os jovens da região alavancará o desenvolvimento com entradas de divisas.

Não sabemos de quantos imóveis a prefeitura paga aluguel, mas é um número significativo, que a meu ver pura incompetência dos administradores do passado, como uma cidade do porte de Manhuaçu não possui uma sede decente, não temos uma boa rodoviária, as crianças estudam em casas alugadas velhas e muitas das quais infestadas de ratos e baratas, não temos prédios para nossas secretarias e pagamos caro os alugueis de nossas escolas, não concordamos com os executivos que preferem pagar alugueis do que ter a própria propriedade, máquinas, ambulâncias e caminhões, tem município que paga de aluguel de uma ambulância o equivalente valor para se comprar duas ou três. Cidades que fora emancipadas de Manhuaçu bem menores como São João e Martins Soares possuem uma sede de dar inveja, uma cidade polo não pode viver assim. Nós entendemos o novo prefeito em pensar o futuro da cidade, mas há de se pensar também nos problemas imediatos, a médio e longo prazo, fato este que todos os prefeitos que passaram até agora não pensaram e a cidade ficou estagnada, cresceu desordenadamente e com isso os problemas foram se agravando, e o pior todo mundo sabe disso e nada é feito para amenizar ou corrigir, as construções continuam desordenadas não há um estudo, um Plano Diretor capaz de dar direção, onde alguém possa dizer não podemos resolver todos os problemas hoje, mas podemos resolvê-los com planejamentos para o futuro, é assim que fazem as civilizações bem organizadas. Os judeus fazem planos de 100 anos, sabendo que não poderão alcançar, mas cada geração cuida de uma parte até atingir seus objetivos beneficiando as futuras gerações.

Por exemplo, a Câmara Municipal de Manhuaçu poderia criar uma comissão para organizar um conselho composto de umas 20 pessoas com conhecimentos administrativos, engenheiros, técnicos, ambientalistas, advogados, políticos e demais segmentos da sociedade para planejar o futuro da cidade e elaborar uma lei para a criação de um fundo e todos os próximos prefeitos ficariam obrigados pela legislação a cumprir alguns requisitos num plano diretor, não autorizando mais as construções irregulares, bem como aos poucos desapropriando as já existentes principalmente as construções a beira rio. Já escrevi várias vezes sobre este tema e até citei cidades onde foram corrigidas as falhas dos administradores anteriores. Se você visitar a cidade estância turística de Ribeirão Pires no Grande ABC vai ficar maravilhado pelo que foi feito na recuperação da cidade, a primeira grande obra foi retirar um grande morro no centro da cidade e a segunda foi em aproximadamente 5 legislaturas desapropriar todas as moradias da beira do rio que dá o nome a cidade, hoje o Ribeirão Pires tem em suas margens duas marginais o que proporciona a boa fluidez do trânsito, a legislação da cidade é rígida por conta de uma Lei estadual de proteção aos mananciais, no município não há favelas e nem lotes menores que 300 M², com isso a cidade vizinha de São Bernardo do Campo explora atualmente a indústria do turismo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Não interessa aos políticos de Manhuaçu resolver os problemas da cidade. Tudo por um motivo muito simples: cada aluguel, cada contrato irregular, cada coisa feita sem planejamento beneficia aos espertos que tem votos garantidos e seus aliados. O Prefeito Nailton encontrou a Prefeitura um caos, mas peca pela não transparência: existe uma expressão “dar nome aos bois”, é isso que precisa ser feito.
    A população está desencantada porque acreditou que o Prefeito faria um governo transparente. Milagres não existem, mas um bom planejamento mostra à população que vale a pena dar a ao Prefeito um crédito de confiança.

  2. Sabemos das dificuldades do nosso prefeito como tambem sabemos que para administrar uma cidade como Manhuaçu nao e nada facil ,porem primeiro precisa colocar a cabeça no lugar colocar pessoas competentes nos seus devidos lugares para se coseguir um bom sucesso e uma boa administraçaõ .Nunca usar de magoas e recentimentos para remanejar as pessoas e coloca-las em lugares que elas não desejariam estar por simples vingança.Jesus nunca faria isso porque ele é justo e ele nos ensina que devemos amar primeiro nossos inimigos. Voces esqueceram esta liçaõ?. E cada um que entra nesta prefeitura parece que fica contaminado pelo poder se envaidece e peca esquecendo a vontade daquele que te deu tudo que você conseguiu. Cuidado para não perder o controle e sair atropelando, passando por cima de todos e tudo mudanças precisam ser feitas mas a cautela e sabedoria devem sempre andar juntas. Que Deus te dê sabedoria,discernimento e entendimento para realisar os projetos que atendam as necessidades da população de Manhuaçu. Você tem quatro anos e se for bom terá mais quatro pense bem nisso, conselho de quem só quer bem ao povo de Manhuaçu bom trabalho e boa sorte.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui