A situação brasileira

52

Manifestações de insatisfação do povo por todos os estados do país. Onde vamos parar? Será que os militares das Forças Armadas e as demais forças policiais estão satisfeitos com atual conjuntura em que estamos vivendo?

Para quem navega pela internet com certeza verá que a situação não é nada satisfatória. Basta conversar e pesquisar para encontrar milhares de militares descontentes, fora as centenas que já deixaram os quartéis pelos baixos salários. “Eu nasci para servir meu país, acredito que não seria feliz em outro serviço, já estive em várias missões sociais salvando vidas e é isso que gosto de fazer”, declarou tenente Marcos.

A situação em que vivemos hoje é bastante preocupante, a violência se espalha para todo o Brasil, até nas pequenas cidades que reinavam a calmaria muita coisa mudou e vive-se também preocupações com assaltos e furtos.

Ano que vem será um ano decisivo para os brasileiros, vamos ter uma Copa do Mundo que tem sido criticada por todos os brasileiros pelo alto custo chegando a ultrapassar e muito os custos de outros países em que a Copa foi realizada. Em 2014 também será o ano de escolhermos quem vai governar o nosso estado e, também, vamos escolher o presidente ou presidenta que irá governar o Brasil.

As manifestações violentas estão saindo do controle, a impressão que temos é que falta alguma coisa e não conseguimos decifrar a incerteza que tem alimentado nosso povo.

A maioria acha que o Brasil dá muito para os políticos e quase nada para o povo. A corrupção, a impunidade tem entristecido os brasileiros, e quando comparamos o Brasil com outros países, aí é que quase entramos em desespero pela disparidade.

Alguns ganham muito, outros muito pouco e outros nada, os impostos que pagamos são os mais caros do mundo e o pior o governo não retribui com serviços como deveria. A televisão, que é o maior meio de comunicação do Brasil, tem evitado mostrar tudo o que tem acontecido em nosso território; a situação é preocupante.

Você sabe ou imagina o que faz pessoas em vários estados se revoltarem como o que temos visto?

Fale com a redação [email protected] – (33)3331-8409

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui