Brasil aparelhado 7 de Setembro será histórico

76

Executivo e Judiciário em guerra, e senado de braços cruzados     

            Por Devair G. Oliveira
            Diante das verdades escancaradas Brasil a fora e das mentiras da grande imprensa comprada e vendida, que tentam de todas as maneiras passar para os brasileiros seguidas mentiras que não são reparadas pelas autoridades eleitorais, pela ineficiência de quem de direito poderá provocar uma revolução, a situação está bastante confusa com o STF não aceitando as medidas de aperfeiçoamento das urnas propostas pelas Forças Armadas, eles querem ganhar no grito. A desconfiança do povo: porque tanta insegurança para colocar uma camada a mais de segurança.
            Qual providência pode ser adotada no caso de descumprimento das obrigações impostas? § 4o No caso de descumprimento de qualquer das obrigações impostas, o juiz, de ofício ou mediante requerimento do Ministério Público, de seu assistente ou do querelante, poderá substituir a medida, impor outra em cumulação, ou, em último caso, decretar a prisão preventiva (art. 312, parágrafo único).
            A sociedade brasileira está atenta acompanhando tudo que está acontecendo no Brasil, foi se o tempo em que uma mídia manipulava a sociedade. Lembro-me de uma grande cidade do ABC Paulista, em que um partido recém criado precisava eleger um prefeito para dar prosseguimento em suas pretensões e para tanto contratou um grande jornal para publicar várias pesquisas mentirosas para manipular a opinião pública, o candidato que sempre nas pesquisas aparecia em último lugar, bastou quatro semanas para ficar bem conhecido na cidade, a manipulação continuou e na penúltima pesquisa o jornal estampou na capa que o candidato estava em primeiro lugar e no dia das eleições outra manchete apontando que a pesquisa dava a vitória com folga do candidato, apurado os votos a vitória se concretizou.
            Só que os dois maiores partidos da cidade PSDB e MDB tinham pesquisas que apontavam este candidato em 3º lugar, para ajudar a comprovar os que os manipuladores estavam apostando no último comício foi contratado a dupla sertaneja de maior sucesso no momento Chitãozinho e Xororó, e naquela multidão a poucos dias da eleição foi relatado a pesquisa, e como diziam na época que além dos indecisos, muitos acabavam votando naquele em que as pesquisas apontavam. Só que hoje, isso ficou bem difícil, aqui no Brasil um grupo poderoso com apoio da mídia tenta de todos os modos dizer que o Lula está à frente nas pesquisas, mas na realidade a voz das ruas diz ao contrário, o povo pergunta porque o homem não consegue arrebanhar um público razoável, já Bolsonaro nem precisa dizer é um fenômeno, onde vai tem uma multidão e essa luta desigual foi chamando atenção dos brasileiros e hoje a maioria absoluta está fechada com Bolsonaro.
            Voltando no 2º parágrafo que fala do descumprimento, e sabemos que a constituição regulamenta todas as leis, mas elas não estão sendo cumpridas, segundo centenas de advogados, juristas, ex-ministros da corte maior, a justiça está jogando fora das 4 linhas da constituição, e neste caso cabe ao presidente do senado tomar as providencias necessárias.
            Em algumas matérias anteriores citei este exemplo turbulento em que vivemos, e acredito que o povo vai pressionar e setembro será decisivo para a nossa democracia, e caso as autoridades não chegam a um acordo podemos ter consequências sérias no país, pois os brasileiros não irão aceitar as narrativas e mentiras das pesquisas, sem que seja demonstrada na prática, a chamada fotografia do momento, e podemos ter aí uma interferência das Forças Armadas destituindo o STF e instituindo o STM (Supremo Tribunal Militar), e tudo isso poderá custar muito sangue, a vontade do povo brasileiro com exemplos de Venezuela e Argentina não aceitarão uma eleição que não seja limpa, a vontade popular tem sido demonstrada nas ruas de todo o país, a imprensa, e as autoridades eleitorais não estão enxergando isso.     

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui