A Cidade é o reflexo da Câmara Municipal

38

O crescimento desordenado das cidades, que marcou o processo de desenvolvimento das sociedades desde os primórdios, trouxe consigo problemas que comprometem a qualidade de vida nos centros urbanos. Para tentar corrigir os efeitos negativos deste processo, foram criadas as chamadas “cidades planejadas”, pensadas a partir de um modelo estratégico, focado em aspectos que asseguram um funcionamento harmonioso e sustentável.

A cidade planejada é a cidade construída segundo um plano previamente elaborado, com certa ordenação interna e distribuição racional das atividades no espaço por setores (Setor Militar, Setor de Indústria, Setor Hoteleiro etc.) Eis três exemplos de cidades planejadas: Brasília, Palmas e Belo Horizonte. Cidade espontânea ou natural é a que surgiu, cresceu e se expandiu sem qualquer plano prévio de urbanização. Caracterizam-se, por exemplo, por ruas estreitas e tortuosas.

A diferença básica entre esses dois tipos de cidade é o plano prévio de urbanização.

A presença de tal plano indica que a cidade é planejada; em caso da inexistência do referido plano, temos que a cidade é natural ou espontânea. Existem muitas cidades no Brasil que cresceram desordenadamente, em muitos municípios vemos cidades que surgiram sem planejamento, mas ao longo do tempo apareceu alguém para dar um basta na desorganização e elaborar leis que resolveram parte do problema, pelo menos algumas leis foram elaboradas, aprovadas e sancionadas, para a partir daquele momento não deixar agravar mais o problema, e geralmente quase não há fiscalização, o motivo é sempre pensando no voto, nem prefeito nem vereadores querem indispor-se com o povo e com isso vamos encontrar centenas de cidades do interior com estas características: ruas abertas por populares calçadas feitas fora do padrão e até mesmo parte de residências que avançam no terreno das ruas, e muitas outras irregularidades como construções a beira rio.

Manhuaçu cidade polo, que foi construída desordenadamente e contém vários problemas citados acima, por falta de iniciativa da Câmara de vereadores os problemas continuam. O Brasil está repleto de cidades que foram reestruturadas e hoje são modelos para o mundo, Curitiba é uma delas, passou por uma reestruturação urbana, que envolveu aprimoramentos contínuos em todas as áreas, com destaque ao sistema de transporte público, que passou a ser referência de desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Rio Casca, uma cidade centenária pertencente à microrregião de Ponte Nova tem um diferencial das demais cidades da região apesar de ser uma antiga cidade o seu fundador fez questão de demarcá-la em um enorme quadrado com ruas retas e largas, é até interessante naquela época encontrar gente com tamanha visão de futuro, o livro Rio Casca Apontamentos de Benjamin Vieira Coelho conta que o fundador de Rio Casca ia pessoalmente a cada lote fiscalizar.

*Furriel Ângelo Vieira de Souza, era um apaixonado por seu arraial e não consentia que fosse desrespeitado o que ele havia traçado, se alguém em sua ausência levantasse um esteio fora do alinhamento teria que arrancá-lo, como fundador do povoado de Bicudos proporcionava grandes facilidades aos que quisessem nele construir um prédio, doava lotes para a construção e nenhuma taxa era cobrada, pois possuía muitos alqueires de terra nos arredores do povoado, o material era cedido pelo custo da mão de obra e muitas vezes a longo prazo , as madeiras eram cedidas gratuitamente para os que quisessem construir, só exigia que a obra projetada fosse realidade, com tantas facilidades oferecidas pelo fundador do Distrito o mesmo se povoou rapidamente com boas casas e moradas que até hoje permanecem contribuindo para o embelezamento da cidade. *Furriel é um posto ou uma função existente nas forças armadas de vários países. Quando existe como posto, corresponde, normalmente, a uma graduação da categoria de sargento. Quando existe apenas como designação de uma função, refere-se, normalmente, a responsabilidades na área da logística. Nas Forças Armadas brasileiras não existe mais o furriel.

Fale com a redação [email protected] – (33)3331-8409

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui