Eu não quero a democracia do STF

222

            Por Devair G. Oliveira
            No primeiro dia de 2021 começa novas administrações dos prefeitos eleitos e de novos vereadores, em alguns municípios podemos afirmar que o período eleitoral é um grande catalisador de mudanças, principalmente mudanças pessoais: as pessoas se transformam completamente durante o período das campanhas eleitorais, já vi um político que havia separado da esposa e chamou a de volta fez um acordo para fazer a campanha, “nossa que felicidade um casal perfeito”, ganhou as eleições e tudo voltou à realidade com sua amante, as pessoas mudam completamente, aqueles que não ligam para ninguém passam a cumprimentar as pessoas tentando passar uma qualidade que ele não tem o oposto daquilo que demonstra ser no seu dia a dia.
            Certa vez um garoto pobre me disse uma frase que tem sentido: “eleição é muito bão, a gente come muita carne”, e ele tem razão é um período de pleno emprego, muitas festas, comes e bebes, há candidatos que contrata em uma única cidade centenas de pessoas, por um período de um a dois meses sempre coincidindo o término do contrato com o dia da eleição, e aí tem aquela estratégia cada grupo de 50 pessoas tem um responsável que no dia da eleição bem cedo após um café reforçado com as orientações de votar na primeira hora, todos uniformizados com a camisa do candidato são levados para seus locais de votações.
            Na realidade o candidato está mais interessado é nos votos destes eleitores, geralmente é neste período que os políticos se transformam, fazem bastantes festas churrascadas e diante de multidões fazem seus discursos bem preparado para que as pessoas se sensibilizem e vote.
            Finalizada as eleições, cada um dos eleitos irão ter muitas mudanças a fazer em suas cidades. Além das mudanças necessárias, os mesmos ainda terão o trabalho de tentar colocar em prática suas promessas de campanha, onde muitas delas, se realizadas, contribuirão ainda mais para as transformações tão esperadas em inúmeras cidades brasileiras.
            O mundo está a nos ensinar a não serem escravos, tudo está diante de nós, é preciso ter consciência que nós é que escolhemos os nossos administradores, e este ano o povo deu uma resposta ao PT por tudo que ele fez, ou deixou de fazer, nos mais de 14 anos de suas administrações, Lula e Dilma puxou o Brasil para trás, tirou dos brasileiros bilhões de reais que foram distribuídos entre os companheiros globalistas de outros países.
            Devemos termos em mente que durante os governos petistas, vários outros partidos de esquerda foram criados e seus lideres já demonstraram tudo o que desejam que seja tudo que vão contra os valores da família, todo brasileiro precisa saber o que pensam e o que fazem os socialistas, esse pessoal não creem em Deus e nem amam os seus semelhantes. Veja o comportamento das grandes mídias, se o camarada fala mal do Bolsonaro tudo é válido, mas se você critica o STF que são na maioria ideológicos, seguem a cartilha da esquerda, estão rasgando a constituição aprovando leis inconstitucionais para seguir a ideologia globalista, praticam o autoritarismo e dizem que é democracia, esteja atento procurando se informar nos canais da internet fujam das redes de televisões, eles são patrocinados para enganar você.

         “A capacidade do homem para a justiça faz a democracia possível, mas a inclinação do homem para a injustiça faz a democracia necessária.” – Reinhold Niebuhr (1892 – 1971), filósofo americano.
             “A democracia é o governo do povo, pelo povo, para o povo.”  – Abraham Lincoln (1809 – 1865), presidente dos Estados Unidos.

 

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui