Eleição de 2022 a grande incógnita dos brasileiros

68

            Por Devair G. Oliveira
            Por mais que ouvimos as pessoas, os especialistas e os políticos ficamos sempre na dúvida, a dúvida não é sobre os acontecimentos, a dúvida é porque temos uma constituição e a SUPREMA CORTE não as cumprem, e o que se pode fazer. As redes sociais, os artigos de jornais antigos nos revelam tudo sobre o que está acontecendo, inclusive os próprios ministros em seus artigos em sabatina no Senado, prometeram cumprir, mas hoje eles rasgam a constituição, mas infelizmente temos um senado acovardado, é responsabilidade do Senado, mas nada fazem envergonhando todos os mineiros, por ver um senador mineiro presidente do Senado tão parcial como é o senador Pacheco.
            Por outro lado a grande imprensa brasileira silencia também porque juntamente com o STF militam politicamente contra Bolsonaro, o Brasil foi tão aparelhado pela esquerda, hoje sabemos que acordo entre o PSDB e o PT dominaram a política por muitos anos, enganando o povo brasileiro, acostumaram a comprar tudo e a todos, usaram nossos recursos para aplicar em obras de outros países e hoje estamos nesta peleja, temos um monte de artistas que sugaram dos cofres públicos através da Lei Rouanet, e também viraram militantes de esquerda contra um governo que não é corrupto e ama a liberdade, pena que a grande imprensa comprada e vendida, também militante política não divulgam os feitos do Governo Federal, pelo contrário procuram culpa-lo por tudo que acontece.

            E o pior a justiça brasileira não quer fazer uma eleição transparente, se quisesse já teria dado jeito, é como dizem os especialistas e ex-ministros do STF, o voto é secreto, mas a apuração de quem conta os votos tem que ser pública.   
            “Aqui no Brasil, se tivermos o voto eletrônico em 22, vai ser a mesma coisa. A fraude existe. A imprensa vai dizer ‘sem provas, ele diz que a fraude existe’. Eu não vou responder esses canalhas da imprensa mais. Eu só fui eleito porque tive muito voto em 2018 (…) Se nós não tivermos o voto impresso em 22, uma maneira de auditar voto, nós vamos ter problemas piores do que os Estados Unidos”, disse o presidente.
            Hoje o mundo inteiro sabe que as eleições americanas foram fraudadas e dizem que é uma questão de tempo para tudo vir à tona, mas todos sabem também quem esteve por trás de tudo isso.
            Querem fazer no Brasil o mesmo que fizeram nos Estados Unidos, quando Trump em seus comícios colocavam milhares de pessoas nas ruas o seu adversário Biden não saia nas ruas, já com os planos tudo combinado e hoje todos sabem o quanto de envelopes e mais envelopes com votos sem assinaturas, cópias e mais cópias do mesmo voto.
           Deus não dorme, e agora com essa guerra na Ucrânia as autoridades americanas do governo não sabem mais o que fazer, e o país está afundando. Tudo na vida tem um aprendizado, aprendemos com as eleições na Venezuela e na Argentina, e o povo brasileiro não ficará de braços cruzados e os ministros poderão ser responsabilizados e até serem presos se causarem revolução no país por suas decisões inconstitucionais, que se pense, pois, milhões de pessoas nas ruas não tem Exército que dê jeito, dito por mais de dois generais.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui