Doadores de sangue são homenageados em solenidade oficial

213
Foto: Regina Vasconcels

Dia 25 de novembro, data em que se comemora o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue,  a Fundação Hemominas prestou uma justa homenagem aos doadores voluntários de sangue. A solenidade oficial de diplomação foi realizada este ano em Ponte Nova, no Babilônia Centro de Eventos. Doadores dos Hemocentros de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Núcleo Regional de Manhuaçu e de Sete Lagoas, receberam diplomas de homenagem.

Receberam medalhas 247 doadores  da unidade de Ponte Nova, entre as categorias azul, de 10 a 14 doações, ficaram com o bronze, voluntarios que realizaram de 25 a 34 doações  e o ouro ficou com os voluntários que fizeram de 35 a a 49 doações . Na categoria diamante foram diplomados os voluntários com 50 ou mais doações, dos Hemocentros de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Núcleo Regional de Manhuaçu e Sete Lagoas.

A Hemominas promove a homenagem desde 1991 e, a partir de 2007, iniciou-se o ciclo itinerante do evento com o objetivo de valorizar o trabalho e os doadores das 20 unidades de coleta de sangue no Estado.

Manhuaçu

Na categoria mais elevada de doadores encontra-se a Diamantes, acima de 50 doações

Jorge Salazar, residente em Manhuaçu representou a cidade, um grande exemplo de cidadania e amor ao próximo, Ele é um dos homenageados e tem 54 doações.
“Comecei a doar sangue quando eu vi a necessidade de algumas famílias, aí fiz a primeira doação, mas continuei doando para quando as demais pessoas precisarem já tem sangue no banco, a partir daí comecei a ter esta consciência de ajudar o próximo. Amor não é apenas de palavras, mas é também em gestos e achei na prática a doação de sangue. Agora estou também no banco de doação de medula óssea”, Disse Salazar.

1 COMENTÁRIO

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui