Gêmeos – A individualidade pode ser estimulada, imposta NUNCA.

250

comissariasVizinhos de Útero (Gêmeos) <vizinhosdeutero@gmail.com>

Em 5 anos de pesquisa pude perceber que o ponto negativo mais ressaltado pelos gêmeos adultos é a interferência alheia. Considerando os dados abaixo, independentemente de serem idênticos ou bivitelinos:

90% dos gêmeos sente orgulho de ser gêmeo.

50% tem uma relação que eu classifico como ‘romântica’.

40% tem uma relação fraternal comum, sem romantismo.

10% odeia o fato de ter nascido gêmeo.

Quando os gêmeos são unidos, cúmplices e muito grudados, alguns interferem alegando que eles precisam buscar a individualidade para serem mais independentes um do outro. Quando os gêmeos tem uma relação comum, e cada um escolhe seu próprio caminho, alguns dizem que eles deveriam ser mais unidos. Cada gêmeo escolhe qual tipo de relação deseja ter. Porque não respeitar essa escolha?

A relação gemelar é fechada e entrelaçada – a intromissão alheia pode causar aborrecimentos e até rompimentos. A pressão externa só atrapalha os relacionamentos fraternais que tem dinâmica própria. A experiência de ter dividido o útero é sublime, sufocante e complexa mesmo. Que não é gêmeo não é capaz de compreender tamanha complexidade. Todo gêmeo tem o direito de viver a dor e a delícia de ser gêmeo, sem ser incomodado – exatamente como foi no útero. (Foto anexada: Gêmeas Laura e Anna Perry)

Texto de Jemima Pompeu

Autora e Editora do VIZINHOS DE ÚTERO – único projeto brasileiro totalmente dedicado aos gêmeos adultos e familiares.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui