Globo império em ruina

75

A triste realidade do Jornal Nacional

Por Devair G. Oliveira
Com tom incisivo, William Bonner começou o Jornal Nacional do dia (7) sem poupar críticas a Jair Bolsonaro. “O Brasil assistiu hoje a uma demonstração de desprezo pela constituição promovida e insuflada pelo Presidente da República, em diversas cidades, milhares de bolsonaristas participaram de atos com pautas que afrontam a democracia como a intervenção militar e a destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal”, narrou Bonner. Vejá só, manifestação pública de desprezo à constituição. Quando as manifestações são vermelhas de esquerda, ainda que seja recheados de violências, vandalismos depredação de patrimônio público nudez libertinagem, são sempre manifestações em defesa da “ciência e da democracia”, quando as manifestações são verdes e amarelas de direita as manchetes são as piores possíveis fascistas, antidemocrático, golpista, fato é que a história da nossa república é recheada de golpes ela mesma é fruto de um golpe de 1889 com a queda da Monarquia e de lá para cá foi só ladeira abaixo, até que em 2016 chamaram de golpe aquilo que não foi golpe, pois claro tinha que ser golpe, pois afinal a presidente que foi derrubada pelo presidente de esquerda. Manifestações históricas em 2021 que lotaram Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e em várias cidades brasileiras como nunca visto antes, golpe tem que ser golpe manifestantes de direita conservadora são sempre golpistas antidemocráticos, ou como disse William Bonner eles estão reproduzindo uma demonstração pública de menosprezo a constituição em verdade a ficha ainda não caiu para os editores globais que eles não detêm mais o monopólio das comunicações e as organizações Marinho encolhem a cada mês, pois hoje ela não informa e nem sabe que por trás de cada celular do Brasil tem uma pessoa passando informações com palavras simples e entendida por todos. A Globo não aguenta mais pagar altos salários e tem que contentar com o que pode. Ela perdeu Faustão, o fim do maior programa de entretenimento da emissora, em pouco mais de um ano, a emissora já perdeu os principais âncoras do jornalismo brasileiro (Evaristo Costa, Willian Waack, Alexandre Garcia, Sérgio Aguiar, Carla Vilhena e outros). Galvão Bueno e Cléber Machado tiveram os salários reduzidos em mais de 50%. A audiência do Globonews sofreu uma redução preocupante nos últimos meses. De acordo com dados da Kantar Ibope Media, o canal informativo da GLOBOSAT viu seus números despencarem pelo quarto mês consecutivo. Sabe Bonner o que os senhores fizeram foram criar um grupo de milhões de telespectadores que dizem “eu não vejo mais a Globo”. O império está afundando!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui