Governador visita Manhuaçu e anuncia investimentos no Hospital Cesar Leite e em rodovias

242

O governador anunciou para o Hospital Cesar Leite que será contemplado com o aumento de repasse anual e um tomógrafo

Por Devair G. Oliveira
O governador Romeu Zema cumpriu agenda de trabalho nesta quinta-feira (9/12) na cidade de Manhuaçu, na Zona da Mata. Na oportunidade, o chefe do Executivo anunciou investimentos na Saúde, com aumento do repasse anual para o principal hospital do município e macrorregião, também o governador anunciou obras de recuperação funcional da MG-111 e AMG- 2905, atendendo à demanda da população. Também foram entregues 21 kits da Defesa Civil.

Romeu Zema disse que esta é a terceira vez em que visita Manhuaçu “Já estive aqui em situação de enchente, em pandemia, e agora fico feliz de vir a Manhuaçu para um anúncio positivo, que são melhorias na área de saúde, na segurança da população, por meio da Defesa Civil, e na restauração da estrutura viária. Tudo isso só está sendo possível porque desde o início do nosso governo focamos em equilibrar as contas e arrumar a casa. E conseguimos avançar gradativamente”, disse.

Hospital Cesar Leite receberá verbas quase quatro vezes maior que em governos anteriores

O governador anunciou o aumento do repasse ao Hospital César Leite, por meio da nova Política de Atenção Hospitalar do Estado de Minas Gerais, o Valor a Minas. Com a medida, a unidade receberá anualmente R$ 6,5 milhões em repasses, valor quase quatro vezes maior do que o anterior. O hospital também receberá um tomógrafo.

O Hospital César Leite é o que tem o maior número de leitos, e também referência para casos de média e alta complexidade, como neurologia, trauma etc. Além do HCL, outros quatro hospitais da região foram contemplados no programa hospitalar Valor a Minas, totalizando um investimento de R$ 12,1 milhões. O hospital Padre Júlio Maria, em Manhumirim, que faz parte da macrorregião, também receberá um tomógrafo.

O Estado ainda retomou os pagamentos para o financiamento da Atenção Primária à Saúde. Desta forma, Manhuaçu volta a receber R$ 1,2 milhão anuais para aprimorar o atendimento, aumentar o número de famílias atendidas por equipes de Saúde da Família, entre outras ações. O valor foi pago em 2021 em quadrimestres.

Neste mês também devem ser liberados R$ 475,4 mil para a Atenção Especializada em Doença Renal Crônica em Manhuaçu, para ampliação de vagas de hemodiálise, por exemplo.

Kits da Defesa Civil

O governador realizou a entrega de 21 kits de Defesa Civil. As cidades contempladas são: Guaraciaba, Reduto, Barra Longa, Ponte Nova, Simonésia, Chalé, Manhumirim, Santana do Manhuaçu, Manhuaçu, São Pedro dos Ferros, São José do Mantimento, Caparaó, Rio Casca, Abre Campo, Raul Soares, Alto Jequitibá, Santo Antônio do Grama, Piedade de Ponte Nova, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado e  Santa Margarida.

Os kits de Defesa Civil buscam ampliar a capacidade de atendimento à população, especialmente durante o período de chuvas. A entrega faz parte do maior investimento já feito em Defesa Civil na história de Minas Gerais, segundo a instituição. Ao todo, 497 kits, que custam R$ 163,4 mil cada, e contam com uma caminhonete 4×4, um notebook, cinco coletes reflexivos e uma trena digital, estão sendo distribuídos em todo o estado.

O investimento é fruto do Termo de Reparação, assinado em abril de 2020, que visa reparar integralmente os danos decorrentes do rompimento das barragens da Vale S.A. em Brumadinho, que tirou 272 vidas e gerou uma série de impactos sociais, ambientais e econômicos na bacia do Rio Paraopeba e em todo o estado de Minas Gerais.

Recuperação da MG-111

Outro anúncio importante para a região foi o de realização de obras de recuperação funcional das rodovias MG-111 e AMG- 2905, uma das principais demandas da população local. O trecho contemplado na MG-111 fica entre Ipanema e Manhuaçu. Já na AMG-2905 será revitalizado o trecho do entroncamento da MG-111 até Simonésia. Ao todo, são 82,5 quilômetros de obras, com valor estimado em R$ 24 milhões, com recurso do Acordo da Vale. A obra já foi contratada. No momento estão sendo realizados serviços de tapa-buracos e remendos em todo o trecho.

O governador celebrou o anúncio. “Há vários anos, a única coisa que se fez em Minas Gerais foi operação tapa-buraco. E estamos hoje com mais de 35 frentes de obras em todo o estado, recuperando mais de três mil quilômetros de estradas. Com toda certeza, essa infraestrutura vai trazer mais segurança, mais conforto e ainda ajudar o setor produtivo”, disse.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui