Mandrilamento: O que é e quem utiliza?

104

O mandrilamento é um processo não tão conhecido pelo público, porém muito conhecido no ramo da usinagem industrial.

Para entender melhor sobre esse processo, separamos alguns dos tópicos principais relacionados a esse assunto para abordar em nosso artigo e deixar as pessoas a parte do que significa esse processo.

Mas afinal, o que é mandrilamento?

O processo de mandrilamento, que é pouco comentado e conhecido entre as pessoas, nada mais é do que o processo de utilização de ferramentas que realizam operações de furos em superfícies mais rígidas, como, por exemplo, parede.

De uma maneira mais simples, podemos dizer que a barra de mandrilar faz parte, por exemplo, de uma furadeira doméstica. Ou seja, ela é utilizada de maneira que proporciono o alisamento do material ou da peça.

No entanto, estamos falando da sua utilização em materiais de usinagem, o que faz com que o mandrilamento seja mais comum em objetos maiores, feitos de materiais rígidos, como, por exemplo, aço.

Tipos de mandrilamento

Frequentemente, o processo de mandrilamento é mair recorrente na etapa final do processo de usinagem, pois visa diminuir a quantidade de peças que possuem algum tipo de defeito.

Por ser um processo versátil, o mandrilamento existe de diversas formas, podendo realizar processos diversificados. Essas diversas formas são: mandrilamento cilíndrico, mandrilamento cônico, mandrilamento esférico e o mandrilamento radial.

Mandrilamento cilíndrico

É o processo no qual a superfície usinada é cilíndrica e, seu eixo de rotação é o mesmo eixo no qual a ferramenta gira.

Mandrilamento cônico

É o processo onde a superfície usinada é cônica e, seu eixo de rotação também coincide com o eixo no qual a ferramente gira.

Mandrilamento esférico

Vale o mesmo que nos anteriores, o eixo de rotação é o mesmo que a ferramenta gira, o que muda, é que a superfície usinada é esférica.

Mandrilamento radial

O eixo no qual a ferramenta gira é o mesmo, o que muda é o formato da superfície, que nesse caso, é plana e perpendicular.

Apesar de existirem tipos diferentes de mandrilamento, as ferramentas são consideradas universais e possuem a mesma função: cortar, rosquear, furar e fresar.

Objetivos associados ao mandrilamento

De maneira resumida, podemos dizer que o processo de mandrilamento tem como objetivo proporcionar o aumento do diâmetro dos furos, para atingir uma determinada dimensão, de modo a garantir uma superfície de qualidade.

 

Por ser um processo versátil, como já mencionamos anteriormente, a máquina de mandrilar pode ser utilizada em diversas etapas do processo de usinagem. Além disso, ela serve para fazer com que o empregador poupe tempo, afinal, todos os lados de uma mesma peça podem passar pelo mandrilamento sem precisar sair da máquina.

Maneiras de otimizar o processo de usinagem através do uso de máquinas de mandrilamento

O processo de otimização de usinagem através do mandrilamento é feito a partir da avaliação e análise das pastilhas e dos dados de corte, realizados de maneira cuidadosa.

No entanto, um fator essencial para o processo de usinagem ser otimizado de maneira correta, é a utilização de um bom fluido de corte para o mandrilamento.

A importância da utilização de um bom fluido, se dá por conta do escoamento, o qual deve ocorrer de maneira que não interfira no processo.

Logo, o óleo para o mandrilamento tem como função esfriar o processo, podendo aumentar a vida útil da ferramenta.

Além disso, a utilização de um óleo de mandrilamento ruim, pode resultar na ocorrência de cavacos extensos que fazem o furo acumular e, consequentemente, deterioram o acabamento da superfície.

Portanto, antes de utilizar uma ferramenta de mandrilamento, é importante destacar a importância da lubrificação para reduzir os processos de custo da usinagem.

Componentes de uma mandriladora

Uma mandriladora comum costuma contes as seguintes partes: bases para realizar o movimento, coluna de cabeçote, cabeçotes e anexos para movimentos, coluna de luneta, luneta e carro com mesa giratória.

O tipo mais comum de mandriladora

Assim como existem diferentes tipos de mandrilamento, existem diferentes máquinas mandriladoras, desde as mais complexas até as mais simples. Existe também aquelas que são mais conhecidas e mais comuns de serem usadas por grandes empresas.

Uma máquina de mandrilamento mais comum é aquela que contém as seguintes medidas: curso de brunimento de 400 milímetros, 8 cabeçotes com 150 milímetros de distância entre um e outro e 700 milímetros entre cada cabeçote e a mesa, e que pesa 12 toneladas.

É claro que, essas medidas são estimadas, no entanto, quanto mais próximo a essas medidas sua máquina de mandrilamento chegar, maiores são as chances dele gerar benefícios e eficiência em seu trabalho.

Existe ainda as máquinas de mandrilamento portáteis. É claro que elas possuem dimensões menores se comparadas com as máquinas mais comuns, no entanto, elas funcionam da mesma maneira e garantem sucesso total a sua indústria.

Dessa forma, após concluir a leitura de nosso artigo sobre máquinas de mandrilamento e o processo em si, espera-se que vocês consigam entender um pouco mais sobre o assunto, afinal, conhecimento nunca é demais.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui