Minc diz que proposta brasileira será a mais avançada entre os países em desenvolvimento

289

mincO ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, disse que a proposta brasileira para a Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Mudanças Climáticas, que será realizada em Copenhague, na Dinamarca, em dezembro, só vai ser divulgada no dia 14 de novembro. Segundo o ministro, o adiamento da apresentação da proposta, que estava prevista para hoje (3), ocorreu na tentativa de aprimorá-la. “ Não houve recuo, a proposta vai ser forte e a meta vai ser a mais avançada entre todos os países em desenvolvimento”, disse o ministro.

Minc falou sobre o adiamento do anúncio da posição brasileira, durante a abertura da 1ª Mostra Nacional Ambiental: Caminhos da Sustentabilidade. O evento comemora os 20 anos de existência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

A exposição que ocorre de hoje a sábado em Brasília, na sede do Ibama, tem, logo na entrada, uma tora de castanheira, com cerca de 15 toneladas que foi derrubada ilegalmente em Novo Mundo, Mato Grosso e apreendida pelo Ibama. O técnico do Serviço Florestal Brasileiro, Gerson Sternadt, que mediu a madeira, informou que a castanheira tinha cerca de 40 metros de altura e mais de 250 anos.

“O Brasil não seria o mesmo sem o Ibama”, afirmou o ministro, comentando a importância da associação com o instituto, quando se trata de crimes ambientais.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui