Mortes entre israelenses e Hamas continuam a crescer

99

Por Devair G. Oliveira
Jerusalém, considerada cidade “santa”, retornou para os judeus com a criação do Estado de Israel no ano de 1948.

A Palestina foi conquistada pelos hebreus ou israelitas (mais tarde também conhecidos como judeus) por volta de 1200 a.C., depois que aquele povo se retirou do Egito, onde vivera por alguns séculos.

De acordo com a Bíblia, os hebreus eram um povo seminômade que se estabeleceu e se fixou na região da Palestina, conhecida na Antiguidade como Canaã. A história desse povo é narrada no livro sagrado do judaísmo, que descreve sua trajetória desde a liderança de Moisés até a conquista da terra prometida por Deus

Desde a Antiguidade até a criação do Estado de Israel, no século XX, os judeus sempre percorreram e ocuparam diferentes regiões pelo mundo. Por onde passaram e se fixaram, acabaram exercendo grandes atividades intelectuais, comerciais ou foram perseguidos pelas populações locais.

O assunto é muito complexo, mas neste episódio do dia 7 de outubro de 2023 com a invasão do Hamas em Israel pegando a população desprevenida, onde assassinaram mais de 1200 pessoas entre crianças, jovens, adultos, mulheres e idosos, fato este que chocou o mundo e que levou a Israel dar uma resposta ao Hamas desde o dia 7, Israel já prendeu centenas de integrantes do Hamas. Há o registro de 10.744 mostos palestinos e 1.405 israelenses, segundo a Al Jazeera (emissora estatal da monarquia do Qatar). As informações são do Hamas e não podem ser verificadas de maneira independente.

Mais do ex-relator especial da ONU

A alegação de Israel de que o Hamas está a utilizar o Hospital Al-Shifa na Cidade de Gaza como base de operações, usando as pessoas como escudo humano – rejeitada pelo grupo palestiniano – visa “preparar a opinião pública para os ataques que virão”, diz Michael Lynk.

“Estou horrorizado que a opinião política internacional do Ocidente – da Europa e da América do Norte – não tenha se virado de forma mais decisiva contra Israel, mesmo antes desta invasão terrestre”, disse à Al Jazeera o antigo relator especial da ONU para os territórios palestinianos ocupados.

É logico que os palestinos desejam ter um território reconhecido como estado Palestino, mas a maneira em que o Hamas usa são condenados por vários países

Israel e Hamas tem origem na disputa por territórios que já foram ocupados por diversos povos, como hebreus e filisteus, dos quais descendem israelenses e palestinos. Em diferentes momentos, guerras e ocupações, eles foram expulsos, retomaram terras, ampliaram e as perderam.

Fonte: Al Jazeera e ONU

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui