IF SUDESTE ABRE PROCESSO SELETIVO PARA O POLO MANHUAÇU

193

logo_ifsudesteO Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG) iniciou, dia 8, o período de inscrições para processo seletivo 2014, polo Manhuaçu. As vagas ofertadas são para cursos técnicos a distância (EaD) em Agroecologia e Administração. O prazo para inscrições estará aberto até 8 de maio e o valor da taxa é de R$ 20. As provas acontecem dia 08 de julho, de 08h às 12h em local a ser definido por meio do comprovante definitivo de inscrição.

 

A secretária de Educação, Gelvania Marques, falou sobre os procedimentos a serem seguidos para a realização das inscrições. “Os interessados em participar do processo seletivo 2014 podem se dirigir a secretaria municipal de Educação, que auxiliará na realização da matricula, disponibilizando computadores e fornecendo todas informações necessárias aos candidatos, ou acessar o site do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG)”.

 

Gelvania Marques salientou que ocorrerá o processo seletivo dos primeiros professores dos cursos técnicos. “Para os candidatos que fizeram a inscrição as provas acontecem domingo (13), na Escola Estadual de Manhuaçu – Ex. Polivalente, a partir das 12h. Este processo seletivo tem o amparo do Instituto, que se encarregará de capacitar e orientar os novos profissionais e dará prosseguimento aos cursos que estão iniciando”, disse.

 

Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu

Secretária de Educação, Gelvania Marques falou sobre os procedimentos necessários para a realização das inscrições

Concurso destinado a servidores e estagiários do Executivo estadual vai distribuir R$ 43.500 entre 10 projetos vencedores

Servidores e estagiários do Governo de Minas com atuação em Belo Horizonte e no interior têm até 7 de maio para inscrever projetos e concorrer ao 9º Prêmio de Excelência em Gestão Pública. Assim como nas edições anteriores, os projetos devem ser relacionados a iniciativas que contribuam para melhorar a prestação de serviços à população. O Prêmio vai distribuir R$ 43.500 entre os 10 projetos vencedores em duas categorias.

O edital com o regulamento do Prêmio, realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), pode ser conferido no site da secretaria (www.planejamento.mg.gov.br), onde também devem ser feitas as inscrições.

Podem participar servidores e estagiários que trabalham na administração direta, autárquica e fundacional do poder executivo estadual e empregados públicos em exercício nas empresas públicas subsidiadas pelo Tesouro do Estado, representadas pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e Rádio Inconfidência.

O Prêmio é realizado desde 2005 e, desde então, alguns dos projetos vencedores vêm sendo colocados em prática.

Universidade para o sistema prisional

Premiado em 2012, o projeto “Universidade Corporativa do Sistema Prisional” foi implantado e está a pleno vapor. O projeto consiste numa plataforma de Ensino à Distância (EaD) , no endereço www.ead.seds.mg.gov.br, por meio da qual são ministrados cursos de reciclagem e de aperfeiçoamento profissional para servidores do sistema prisional e profissionalizantes para detentos.

O primeiro curso, intitulado “Curso de gerenciamento da folha de pagamento de sentenciados”, é destinado aos servidores que atuam como gerentes de Produção das unidades prisionais do Estado e teve início no último dia 11 de abril com cerca de 140 inscritos. Dentre outras atribuições, os gerentes de Produção se encarregam de lançar as horas de trabalho dos presos no Sistema de Informações Penitenciárias (Infopen). O próximo passo será a implantação dos cursos profissionalizantes para detentos.

“Além da oportunidade de aperfeiçoamento e profissionalização, a Universidade Corporativa contribui para otimizar o uso dos recursos públicos, uma vez que não requer gastos com infraestrutura física e deslocamento das pessoas, entre outros”, argumenta o superintendente de Atendimento ao Preso da Subsecretaria de Administração do Sistema Prisional da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), Helil Bruzadelli, um dos idealizadores do projeto junto com outros servidores da secretaria. Bruzadelli coordena a implantação do projeto.

Interação com o cidadão

O projeto Rede na Rede, de autoria de Carolina Santos Lages, servidora do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), venceu com a proposta de criar no site da instituição um mapa com informações consolidadas de interesse direto dos cidadãos e alimentado, também, por eles. Entre elas, os locais com radares, trechos com algum impedimento para o trânsito de veículos, qualidade da malha rodoviária, localização de praças de pesagem e valores investidos na manutenção de rodovias, entre outros. Carolina Santos explica que existem várias informações sobre a malha rodoviária de Minas, porém estão difusas.

“Ao concentrar essas informações em um único local vamos facilitar as consultas por parte das pessoas”, diz. Essas consultas, assim como a inclusão de novas informações, poderão ser feitas por meio de um aplicativo a ser desenvolvido por empresa especializada. A intenção, diz, “é tornar o Rede na Rede uma ferramenta de troca de informação para organização e legitimação de prioridades de obras de melhorias na malha viária de Minas”.

O projeto encontra-se em fase de consolidação das informações que irão subsidiar um piloto. O Rede na Rede foi premiado em 2013 com o primeiro lugar na categoria “Experiências e Ideias Inovadoras Implementáveis”.

Premiação em dinheiro

O Prêmio de Excelência em Gestão Pública possui duas categorias. A primeira é destinada aos servidores e possui três modalidades, representadas por “Ideias Inovadoras Implementáveis” ; “Experiências e iniciativas de sucesso realizadas sem auxílio técnico/ financeiro” e “Experiências e iniciativas de sucesso realizadas com auxílio técnico/ financeiro”. Os primeiros lugares em cada uma dessas três modalidades receberão R$ R$ 8 mil, R$ R$ 4 mil e R$ 2 mil, respectivamente. A segunda categoria é destinada aos estagiários, que poderão participar somente da modalidade “Ideias Inovadoras Implementáveis”, sendo que o melhor trabalho receberá R$ 1.500.

A 9ª edição do Prêmio de Excelência em Gestão Pública tem neste ano a parceria com o “Ciclo de Inovação na Gestão Pública”, que é desenvolvimento desde 2012 pelo Núcleo Central de Inovação e Modernização Institucional (NCIM) da Subsecretaria de Gestão da Estratégia Governamental (Suges) da Seplag. Neste ano, o NCIM terá a missão de selecionar previamente os projetos que serão analisados, posteriormente, pela comissão julgadora na modalidade “Ideias inovadoras implementáveis”, da qual poderão participar servidores e estagiários.

Mais informações e o regulamento do 9º Prêmio de Excelência em Gestão Pública podem ser consultadas no endereço www.planejamento.mg.gov.br

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag)

(31) 3916-0865 ou 3915-0563

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui