Quais são as criptomoedas mais confiáveis para investir?

55

Criptomoedas, um assunto sem a menor dúvida espinhento, uns amam e dizem que ficaram milionários apenas investindo nas moedas digitais que serão o futuro e vão substituir o dinheiro de papel que conhecemos, por outro lado, temos pessoas que afirmam que perderam o que investiram e na realidade não passa de uma bolha que logo explodirá.

No meio desta guerra de narrativas estamos nós, que nos apegamos aos fatos concretos e buscamos manter a imparcialidade, para saber se será o futuro e investindo agora nosso dinheiro vai dobrar muitas vezes nos próximos anos, ou se é realmente uma furada que vai triturar os investimentos de todos os alucinados.

Uma coisa é certa, num assunto tão impreciso quanto às moedas digitais, cabe a nós nos apegarmos aos fatos, e é necessária muita frieza para não entrar em um grande problema.

As moedas digitais são muito populares, e isso fazem com que elas valham cada vez mais, porém, será que o serviço e inovação que oferecem é o suficiente para se manter no topo, ou em pouco tempo estaremos vendo os valores derretendo, ainda não temos como saber, e por enquanto observamos o andar da carruagem, em que as criptomoedas estão cada vez mais perto de configurar como um método de pagamento comum, com muitas empresas estudando a viabilidade de aceitar pagamentos por meio dos bitcoins, há também um movimento no mercado imobiliário tokenizado, que caminha para utilizar desta tecnologia para transações e elaborar contratos.

Por outro lado, o bitcoin, que é a criptomoeda mais popular do mundo, ajudou muito o mercado a se popularizar, despencou de preço em apenas 3 meses do ano de 2022 o seu valor caiu para menos da metade.

Se você é uma pessoa que não gosta de perder oportunidades, veio ao lugar certo, pois, neste artigo listamos as melhores criptomoedas para se investir no ano de 2022.

Porque as moedas mudam tanto de valor

Antes de partirmos rumo ao que realmente nos interessa, é necessário compreender o real motivo dessas flutuações de preços absurdas e em tão pouco tempo.

O principal condutor das moedas digitais é a evolução tecnológica, ou seja, o desenvolvimento e propagação de métodos de pagamentos digitais.

As moedas também são muito afetadas pelo mercado consumidor mundial, ou seja, se houver uma grande recessão que afeta diversos países, em pouco tempo as moedas vão sentir também, por mais que não possuam ligação nenhuma com nenhuma instituição ou país.

O ano de 2022 possui eleições presidenciais, estes eventos costumam não gerar variações nas cotações de cada um dos ativos, porém, é sempre bom ficar de olho na corrida eleitoral, pois, há candidatos que são contra ou a favor de uma maior integração das moedas digitais com os métodos de pagamentos utilizados no país.

As melhores criptomoedas para investir

Vale lembrar também, que todas as moedas contidas neste artigo, foram muito bem analisadas por especialistas do mercado digital, as promessas de ganhos insustentáveis são completamente descartáveis, todos os itens aqui apresentados, possuem embasamento, e principalmente um forte diferencial, que o fará crescer.

Bitcoin

Para falar de investimento em criptomoedas é preciso citar os bitcoins, que nada mais são que as moedas pioneiras, que moldaram o mercado para o modo como vemos hoje,  segundo os especialistas o bitcoin deve se recuperar e continuar no seu posto como a principal moeda digital do mundo, o que reforça ainda mais a ideia de que os bitcoins são extremamente sólidos.

Todas estas vantagens que somente o bitcoin possui, se dá graças a sua replicabilidade, ou seja, os bitcoins são únicos.

Ethereum

Esta moeda talvez seja a segunda mais popular, e há especialistas que a apontam como a melhor e mais segura opção de investimentos do mercado.

Por mais que tenha surgido com o objetivo de rivalizar com o Bitcoin, o Ethereum acabou indo para um outro lado, assumindo de vez o seu papel, de mais que um rival, uma outra opção que possui suas próprias vantagens e funcionalidades.

Neste ano de 2022, o preço deste ativo tende a ser guiado pelas suas atualizações que há muito já são esperadas, que vai deixar a moeda ainda mais a frente do mercado e atrativa. A sua principal atualização nos próximos meses é chamada de “the merge”, que consiste basicamente em consolidar a migração de seu sistema de Proof of work para Proof of Stake

No ano de 2023 a moeda mais uma vez vai aderir o modelo de escalabilidade para protocolo de Sharding, a deixando mais uma vez à frente de toda a sua concorrência.

O que proporciona que esta moeda seja tão completa e sólida é que somente com ela, é possível fazer de forma segura e profissional a tokenização de ativos físicos, e oferece também a possibilidade de aplicar a segurança do blockchain para diversas funcionalidades, como financiamentos coletivos, contratos sociais e muito mais.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui