Papa expulsa cardeal acusado de abusos sexuais

Theodore McCarrick foi punido pelo Vaticano em função de abusos sexuais (Reuters/Alessandro Bianchi/Direitos Reservados)

O Vaticano anunciou hoje (16) que a Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington (EUA), Theodore McCarrick, de 88 anos.

Ele foi acusado de abusos sexuais a menores e seminaristas, informou a assessoria de imprensa da Santa Sé, através de um comunicado.

Esta é a primeira vez na história da Igreja Católica que um cardeal perde seu título em razão de abusos sexuais.

A decisão acontece depois da investigação sobre o caso ordenada pelo papa Francisco e poucos dias antes de o Vaticano realizar – na próxima semana – uma reunião histórica contra os abusos a menores por parte de religiosos.

Com informações da RTP - emissora pública de televisão de Portugal

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui