Trabalhos de jovens cientistas são premiados na Funed

216

Mônica Souza e Helton Araújo, vencedores do BIC Júnior e Institucional - Divugação Funed

Os estudantes Helton Fernandes Araújo e Mônica Oliveira Souza, ambos orientados pela bióloga da Fundação Ezequiel Dias (Funed), Sophie Yvette Leclercq, tiveram seus projetos de pesquisa científica premiados na tarde desta quinta-feira (16). A premiação foi realizada durante encerramento do “Seminário de Bolsa de Iniciação Científica – Prêmio Professor Carlos Ribeiro Diniz”, em Belo Horizonte. O evento seleciona os melhores trabalhos executados por bolsistas – estudantes de ensino médio e de graduação participantes do Programa de Bolsa de Iniciação Científica (BIC) na Funed.

Helton é estudante de ciências biológicas da PUC Minas e participante do programa de Bolsas da Fundação desde 2009. Ele foi classificado em primeiro lugar no concurso, na categoria de graduação, com o trabalho denominado “Proteína ribossomal S9 recombinante diminui a bacteremia de camundongos desafiados com Streptococcus Pneumoniae”. Segundo o bolsista, o estudo teve como objetivo avaliar a imunogenicidade da proteína recombinante ribossomal S9, em modelo experimental, para uma possível inclusão na formulação de uma vacina baseada em antígenos proteicos conservados, visando à cobertura de todos os sorotipos e com baixo custo.

“Em resumo, nós clonamos o gene da proteína, a reproduzimos em bactéria, depois a purificamos e testamos em camundongos, comprovando a capacidade dela de diminuir a bacteremia nos animais após 24 horas”, explica a orientadora Sophie Leclercq. De acordo com o trabalho, outros estudos estão sendo conduzidos com o objetivo de avaliar o potencial de outras proteínas como candidatas a uma vacina contra várias doenças causadas pelo Streptococcus, como pneumonia, meningite, septicemia, otite média aguda, sinusite e síndrome urêmico-hemolítica.

Em relação ao prêmio, Helton comemorou e disse que se sente ainda mais motivado para continuar a carreira científica. Com o dinheiro recebido (R$ 2 mil), ele afirmou que vai poder financiar um intercambio no exterior para continuar seus estudos. “Fico feliz em saber que estou contribuindo para tornar Minas Gerais um polo de produtos imunobiológicos e isso me incentiva a fazer trabalhos melhores no futuro e continuar na área de pesquisa de produtos biotecnológicos”, disse.

Na categoria Júnior, de estudantes de ensino médio, Mônica Souza foi premiada com o “Estudo de Soroconversão de equinos com o antígeno rábico”, que testou a qualidade e eficiência do antígeno produzido pela Funed para uso na produção do soro antirrábico. O trabalho envolveu a aplicação do antígeno nos animais soroprodutores, a extração do plasma, a análise do rendimento e da potência do antígeno. Os resultados comprovaram a qualidade do produto e garantiram a autossuficiência da fundação na produção do soro antirrábico.

A orientadora dos dois trabalhos premiados, Sophie Leclercq, disse orgulhosa que se sentiu feliz com os resultados. “O prêmio é um reconhecimento dos projetos da área de pesquisa da Funed e mostra que estamos orientando bem os estudantes. Participar do concurso é importante para os bolsistas aprenderem a expor o seu trabalho com clareza e para que sejam valorizados pela pesquisa que fazem ao longo do ano”, afirma.

Outros dois trabalhos de cada uma das categorias também foram reconhecidos durante o evento. Na categoria Institucional, a estudante Tatiane Campos Ferreira ficou em segundo lugar com a pesquisa “Análise Comparativa da Toxicidade de Vários Adjuvantes para Imunização de Animais com o Vírus Rábico”. Na terceira posição, a estudante Ana Carolina Moreira com o projeto “Atividade Antimicrobiana da Própolis Verde, Preta e Marrom no Cenário Mineiro”.

Na categoria Júnior, em segundo lugar, foi premiado o estudante Matheus Barbosa Estevão do Amaral com a pesquisa “Impacto Sócio Educacional do Programa de Iniciação Científica Bic Júnior na vida dos estudantes atuais e egressos”. A estudante Thaís de Cássia Nunes Barraque alcançou a terceira colocação com o trabalho “Utilização da Reação em Cadeia da Polimerase em Amostras de Soro Humano: uma Nova Abordagem para a Confecção de Painel Sorológico de Leishmaniose Visceral Humana”.

Premiação

Esta é a 4ª edição do prêmio que, segundo uma das integrantes da comissão organizadora, Maria Amélia Rossi Ladeira, tem como objetivo estimular e incentivar a pesquisa científica entre os jovens estudantes. No começo do ano, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) disponibilizou para a Funed 26 bolsas para alunos de graduação (BIC Institucional) e 30 para alunos de ensino médio (BIC Junior).

Os bolsistas juniores são estudantes de escolas públicas estaduais e foram selecionados pelo desempenho acadêmico e demonstração de interesse pela pesquisa científica. Já os bolsistas institucionais são estudantes de instituições de ensino superior, tanto públicas como privadas, que tiveram seus projetos de pesquisa aprovados por profissionais experientes da fundação. Durante todo o ano, esses estudantes desenvolveram trabalhos em diversas áreas do conhecimento da Funed, orientado por funcionários.

Os projetos de pesquisa foram apresentados durante esta semana e avaliados por comissões técnicas que selecionaram os três melhores de cada categoria. Ao todo, 30 estudantes participaram do concurso. Os prêmios oferecidos pela Funed aos vencedores do Programa BIC Junior foram de R$ 1.000,00 (1º lugar), R$ 750,00 (2º lugar) e R$ 500,00 (3º lugar). Para os ganhadores do Programa BIC Institucional, os prêmios foram de R$ 2.000,00 (1º lugar), R$ 1.500,00 (2º lugar) e R$ 1.000,00 (3º lugar). Os primeiros colocados receberam ainda um troféu de honra ao mérito e um certificado.

“Muito mais que uma cerimônia de premiação, o evento marca a consolidação de um projeto voltado para o desenvolvimento das pessoas, com foco na formação e capacitação de recursos humanos para a saúde”, afirma o presidente da Fundação, Carlos Alberto Pereira Gomes.

Agência Minas

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui