Forças lideradas pelos EUA realizam 21 ataques perto de cidade síria

192

0,,17986459_403,00_linkForças lideradas pelos Estados Unidos realizaram 21 ataques aéreos para deter os avanços do Estado Islâmico em Kobani, na Síria, nos dois últimos dias, informaram os militares norte-americanos nesta terça-feira, alertando que a situação no local é volúvel enquanto os militantes tentam conquistar territórios.

Os ataques de segunda-feira e terça-feira, que incluíram caças da Arábia Saudita, destruíram duas áreas de armazenamento dos militantes, destruíram ou danificaram três edifícios do Estado Islâmico e danificaram três outras instalações, informou o Comando Central dos EUA em um comunicado.

Foi um número de incursões aéreas incomumente grande desde que os militares norte-americanos começaram os ataques diários aos combatentes do grupo radical que tomaram a estratégica cidade síria de maioria curda próxima da divisa turca, através da qual milhares de refugiados foram forçados a fugir.

Os militares declararam não haver indicações de que os ataques aéreos retardaram a ofensiva do Estado Islâmico contra Kobani, mas que os militantes tentam conquistar territórios e que as milícias curdas “continuam se segurando no local”.

O comunicado informou que um ataque atingiu uma refinaria de petróleo perto de Deir al-Zor, cidade ao sul de Kobani.

Um ataque a sudoeste do centro petrolífero de Kirkuk, no centro do Iraque, destruiu dois veículos do Estado Islâmico, disse o comunicado.

Agência Reuters.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui