Investimento de empresa chinesa em Minas Gerais

174
Presidente da XCMG, Min Wang, e o governador Antonio Anastasia

Antonio Anastasia assina protocolo para investimento de empresa chinesa em Minas Gerais.  O governador Antonio Anastasia assinou, nesta terça-feira (17), protocolo de intenções para a instalação de uma unidade da empresa chinesa Xuzhou Construction Macchinery Group (XCMG), em Pouso Alegre, no Sul de Minas. O grupo vai investir R$ 334 milhões na instalação da primeira unidade fabril fora de seu país de origem. O empreendimento vai gerar 600 empregos diretos e cerca de cinco mil indiretos. “Nosso objetivo em Minas Gerais, em primeiro lugar, é trazer empresas de valor agregado. E essa é uma típica empresa de valor agregado, uma grande indústria de transformação e vimos aqui um pequeno protótipo que eles mostraram. É uma das maiores empresas do mundo de fabricação de maquinário. A vinda para Minas vai abrir para eles um novo mercado na América, naturalmente, e isso significa que vamos ter, com o passar dos anos, não só muitos empregos de qualidade, como teremos também avanços tecnológicos sediados em Pouso Alegre e irradiando para todo Sul de Minas”, disse o governador em entrevista. A XCMG é a maior empresa da China no ramo de máquinas pesadas e vai produzir em Minas Gerais guindastes, escavadeiras hidráulicas e outros equipamentos voltados para a construção civil. Antonio Anastasia destacou a parceria com o município de Pouso Alegre, que fez doação de terreno e redução de tributos para que a empresa se instalasse em Minas Gerais. A unidade da XCMG vai contribuir para que município e região iniciem um novo ciclo de desenvolvimento. As obras devem começar em agosto, com o início da produção previsto para 2012. “As relações econômicas entre Minas Gerais e a China são muito intensas, tanto que hoje é o nosso maior parceiro comercial. Ao mesmo tempo, ficamos muito honrados de receber em Minas uma das maiores indústrias do mundo no setor de máquinas pesadas e de transformação. Tenho certeza que a vinda da XCMG para Minas Gerais vai permitir o seu aumento de produção e, ao mesmo tempo, o incremento da sua posição no mundo”, disse o governador em seu pronunciamento. A XCMG foi criada em 1989 e, segundo o presidente da empresa, Min Wang, atualmente o grupo ocupa a sétima posição em relação às empresas do ramo em todo o mundo. A empresa vai começar as atividades a partir da comercialização de produtos importados e montagem de produtos em Pouso Alegre, e, em seguida, expandir a cobertura de abastecimento local com os produtos produzidos no Brasil, serviço pós-venda, centro de peças de reposição e centro de treinamento. Além do governador Antonio Anastasia e do presidente da XCMG, Min Wang, também assinaram o protocolo de intenções o prefeito da cidade de Xuzhou, Zhang Jinghua, e o prefeito de Pouso Alegre, Agnaldo Perugini.

Investimentos em Minas Gerais

Os investimentos privados em Minas Gerais, anunciados nos quatro primeiros meses do ano, somam R$ 1,17 bilhão, distribuídos entre 40 projetos, segundo dados do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi). Esses projetos vão representar a criação de 8.270 empregos diretos. Os números representam o esforço do Governo de Minas em atrair novos investimentos, tendo como principal objetivo a geração de empregos de qualidade. Há investimentos previstos em municípios de todas as regiões. Recentemente, o Governo do Estado e a Coca-Cola assinaram protocolo de intenções que prevê investimento de R$ 283 milhões na construção de uma planta para produção de refrigerantes. Juiz de Fora, na Zona da Mata, está recebendo R$ 236 milhões em investimentos da Votorantim Metais Zinco, para a expansão da unidade já instalada. Nos três primeiros meses deste ano, Minas Gerais gerou proporcionalmente mais empregos que a média do país. O saldo entre o número de admissões e demissões em Minas Gerais ficou positivo em 67.252, com crescimento de 1,77%. A média de aumento de empregos formais no Brasil ficou em 1,62%. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego.

 

Agência Minas

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui