Nordeste do Japão é atingido por terremoto de 6,8 graus na escala Richter

212

 O Nordeste do Japão foi atingido hoje (19) por um terremoto de 6,8 graus de magnitude na escala Richter, seguido por alerta de tsunami. As cidades mais afetadas foram Miyagi e Fukushima – as mesmas que sofreram os impactos dos tremores de terra e tsunami de 11 de março deste ano. O terremoto dessa sexta-feira ocorreu por volta das 14h36 (cerca de 2h36 no horário de Brasília).

Apenas a prefeitura de Miyagi informou que uma pessoa registrou queixa de ferimentos leves. Nas outras cidades não foram feitas reclamações nem registros de danos e vítimas. O alerta de tsunami foi dado cerca de 40 minutos após o terremoto.

De acordo com as autoridades japonesas, não foram registradas anormalidades na área que cerca a Usina Nuclear de Fukushima Daiichi. Em 11 de março, após o terremoto seguido por tsunami houve danos na estrutura da usina, causando explosões e vazamentos nucleares.

A administradora da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, a Tokyo Electric Power Company, informou que fontes de energia externas estão intactas e que as leituras de radiação na área não mostram alterações.

De acordo com a Agência de Meteorologia do Japão, o terremoto de hoje “provavelmente é uma réplica” dos abalos ocorridos em 11 de março. Segundo a agência, os tremores mais fortes se repetem em ciclos. Paralelamente, a Agência Japonesa de Energia Atômica fez o mapa das áreas onde há usinas em funcionamento no país.

O mapa usa cores para indicar os níveis de radiação e tecnologia e ajudar os usuários a identificar os locais de risco. De acordo com a agência, o mapa vai ajudar desabrigados a decidir se é seguro voltar para casa e auxiliar o governo com os esforços de descontaminação.

 

Agência Brasil

1 COMENTÁRIO

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui