Operários australianos se revoltam contra vacina obrigatória

115

Milhares de operários da construção civil se revoltam em Melbourne contra a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19, inclusive com ameaça de perda do emprego

Nesta última segunda-feira (20) milhares de operários da construção civil se revoltaram na Austrália contra a imposição da vacinação contra a Covid-19 como condição para a continuidade no emprego, defendida inclusive pelo sindicato da categoria.

Os operários da cidade de Melbourne atacaram os sindicalistas e a sede do sindicato após a declaração de um dirigente sindical de que “ou os trabalhadores tomam a vacina, ou são demitidos”.

Há vídeos que mostram os operários atacando viaturas da polícia australiana.

Nesta terça-feira (21), os trabalhadores continuaram mobilizados, e realizaram uma grande passeata contra a obrigatoriedade da vacina e a vinculação da vacinação ao emprego. Vários canteiros de obras amanheceram parados por conta da mobilização.

Veja a fúria dos trabalhadores australianos:

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui