Alguns fatores que influenciam na cotação das criptomoedas e o futuro do sistema finaceiro

464

O novo sistema financeiro será com as criptomoedas

Por Devair G. Oliveira
Enquanto milhões de pessoas em todo o mundo já mudaram para as criptomoedas, a maioria ainda não conhecem o sistema que substituirá o atual sistema financiro como conhecemos. A mudança é enevitável e em breve muitas pessoas em todo mundo poderão ser pegos de surpresa, o mundo está mudando e não suportará mais os governantes imprimirem moedas que na realidade não tem Lastro, em Economia, é a garantia implícita de um ativo. O conceito de lastro é utilizado para determinar o valor real das moedas,[1] no sentido de que o lastro é equivalente às riquezas de um país, cuja moeda pretende representar.[2]

Um país só poderá imprimir mais moeda (dinheiro) se houver um lastro, ou seja, a produção de riquezas equivalente ao dinheiro impresso. Caso o governo produza uma certa quantidade de moeda sem uma garantia de que terá o retorno, a moeda acaba perdendo o valor, a impressão de dinheiro acaba não tendo efeito nenhum e consequentemente o surgimento de um cenário de hiperinflação.[2] Bolhas de crédito são geradas na impressão de dinheiro sem lastro, causando graves distorções no mercado e nos preços.
Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Uma dúvida recorrente de muitos investidores é sobre como ocorre a cotação de criptomoedas. A volatilidade é influenciada por diversos fatores, e isso afeta diretamente no preço e no uso dessas moedas.

Assim como as tradicionais — dólar, euro, entre outros —, as criptomoedas podem apresentar aumento ou queda do preço em determinados períodos e de forma repentina.

Em razão disso, listamos, alguns fatores que influenciam na cotação das criptomoedas aos quais você deve ficar atento para não sofrer prejuízos com as oscilações. Veja!

  1. O risco político na cotação

Um dos principais cenário é o sistema político que afeta fortemente diversos setores da economia e da moeda nacional — e também a cotação de criptomoedas. Essa influência ocorre porque alguns investidores costumam usá-las para cobrir as oscilações da moeda convencional.

Além disso, quando há a circulação de notícias que envolvem crises econômicas, algumas pessoas passam a adquirir criptomoedas na intenção de proteger o seu patrimônio.

  1. A demanda de oferta e procura

A demanda da oferta e procura é outro fator determinante na cotação de criptomoedas.
Existe uma linha em que transitam de um lado os compradores e de outro a oferta por parte dos vendedores

https://freecoin.technology/

O interesse de pessoas em adquirir criptomoedas e em usá-las em suas transações tem crescido consideravelmente, não só no Brasil, mas em todo o mundo. Sendo assim, a volatilidade é fortemente influenciada por esse aumento de interesse. Então, quanto maior a procura, maior será o preço definido, e, quanto menor for o interesse, menor será o valor.

  1. O mercado

O mercado de criptomoedas ainda é descentralizado e não tem muita regulamentação, apesar de não ser ilegal. Dessa forma, qualquer pessoa que tenha interesse e capital pode começar a negociar, comprar, vender e fazer transações com essas moedas.

Com isso, existem muitas empresas que utilizam as criptomoedas em suas negociações, o que influencia em três fatores: taxas cobradas, reputação e número de clientes. Esses pontos afetam a cotação, até mesmo, em um mesmo país, ou seja, é possível encontrar preços diferentes em um mesmo território.

  1. A volatilidade do dólar

A cotação do dólar influencia fortemente o cenário econômico e diversas moedas, inclusive as criptomoedas. Em alguns sites e plataformas, o dólar é levado em consideração para definir o preço que os usuários estão abertos a pagar.

Inclusive existem tokens que representam dólares, o post abaixo mostra essa novidade e como ela influencia o mercado.

  1. As atualizações e os problemas técnicos

Os sistemas de criptomoedas são atualizados constantemente em busca de  melhorar os processos, a segurança e os bugs que atrapalham os investidores. Tanto os pontos fortes quanto os fracos podem influenciar na cotação.

As notícias divulgadas pela mídia acerca de ataques ou abertura para invasões de hackers podem fazer com que essas moedas sejam altamente desvalorizadas, já que as pessoas terão medo de fazer parte desse mundo. No entanto, esse ponto requer muita atenção, já que não é recomendável confiar em notícias falsas ou desconsiderar informações reais e arcar com prejuízos que poderiam ser evitados.

A cotação de criptomoedas é definida por um conjunto de fatores que, em muitos casos, afeta também a volatilidade de outras moedas e a situação econômica, em geral. Sendo assim, procure sempre ficar informado sobre qualquer tipo de situação que possa afetar as suas transações.

Não é segredo para ninguém que comercializam as criptomoedas da mudança em breve do sistema bancário do qual conhecemos, e a pandemia apressou este momento, acredito que logo após a reeleição de Trump nos Estados Unidos vira uma mudança em todo o sistema, acredito que teremos um bom crescimento nas 20 principais criptomoedas, bem como uma criptomoeda que caiu no gosto dos brasileiros a Freecoin que hoje está com seu valor muito baixo, mas com uma perspectiva muito promissora, o seu forte é a ótima equipe e seu maravilhosos projeto de ter sido criada para ser uma criptomoeda global e popular ao alcance de todos no mundo inteiro.
Resumindo, se você ainda não conhece as criptomoedas é bom se apressar para não ficar para trás, quando não terá outra opição, o futuro é extremamente claro para cripto  principalmente para bitcoin, stablecoins e negociação.
(Imagem: https://freecoin.technology/)

Se você ainda não conhece criptomoedas sugiro que leia o último texto de Helena Margarido, sobre a maior mudança no mercado financeiro – 

Caso queira abrir uma conta grátis, clic no link abaixo, duas ótimas operadoras de criptomoedas:
Binance

Catex

 

 

 

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Por favor digite um comentário
Por favor digite seu nome aqui